quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Será que Paranormal Activity sobreviverá ao hype? Importa?



"É o filme de terror mais assustador dos últimos anos." "Um filme de terror que realmente dá medo." Essas são as frases mais ouvidas a respeito do filme Paranormal Activity, um longa-metragem que estreia em circuito limitado, nos EUA, nesta semana.

O filme conta a história de um casal que, ao suspeitar que mora em uma casa mal assombrada, coloca câmeras para vigiar o ambiente. E acabam gravando muita coisa, como mostra o trailer acima.

A saga de Paranormal Activity começou em 2007, quando ele foi exibido pela primeira vez, no festival norte-americano Screamfest. Aí ele caiu no esquecimento novamente e só voltou ao boca-a-boca depois que a Paramount decidiu distribui-lo.

Até a campanha dele é baseada no boca-a-boca (ou blog-a-blog, a versão contemporânea desse tipo de divulgação): os produtores incentivam que o público "exija" a exibição do filme no cinema mais próximo. Ou seja, com toda essa onda de elogios em volta do Paranormal, é possível que ele acabe se tornando um fenômeno da era 2.0.

Oren Peli, diretor e roteirista (estreante) do longa, parece seguir a estratégia de J.J. Abrams - quanto mais as pessoas falarem sobre o seu trabalho antes dele ser lançado, melhor. A expectativa garante o sucesso. Quando o público finalmente tem acesso à obra, já não importa mais se ela é boa ou não.

E, neste caso, parece que o público está recebendo Paranormal Activity extremamente bem. No IMDb, com 186 votos até agora, o filme chegou a uma ótima nota 8.6. Para referência: O Exorcista tem 8.1 (com mais de 90.200 votos) e A Bruxa de Blair tem 6.2 (com cerca de 70 mil). No Rotten Tomatoes, 100% de frescor (baseado em sete resenhas, todas positivas).

Dia 25 é o dia da prova final para Paranormal Activity, a chegada oficial aos cinemas. Por outro lado, o filme já venceu. Agora é só competir para cumprir tabela.

(Não há previsão de estreia no Brasil)

Nenhum comentário: