segunda-feira, 21 de setembro de 2009

(500) Dias Com Ela é romance quase difícil de se assistir



O Festival do Rio anunciou suas atrações e, entre Bastardos Inglórios e Aconteceu em Woodstock, está lá uma pequena pérola: (500) Dias Com Ela, estreia de Marc Webb na direção. É uma comédia romântica de longas, mas não de um modo tradicional.

Como diz a tagline do filme, a história é assim: garoto conhece garota; garoto se apaixona; a garota não. Joseph Gordon-Levitt (que tem corrido por fora fazendo uma série de filmes incríveis como Mistérios da Carne e A Ponta de Um Crime) é Tom, o rapaz que conhece Summer, interpretada por Zooey Deschanel.

Ele se apaixona pela doidinha que é fã de Smiths, cinema francês e Ringo Starr. Ela não consegue se entregar ao relacionamento. Determinado a reconquistá-la, ele se esforça. E sofre. E o espectador sofre junto com Tom (a intensidade depende do seu nível de identificação com o filme, claro).

O filme mostra a relação no período dos tais 500 dias, mas fora da ordem cronológica - tudo regado a uma estética que foge do óbvio. Em alguns momentos Webb cria pequenos filmes dentro do filme, misturando diferentes realidades com um resultado final original e divertido. E sofrido, muito sofrido.

Um comentário:

Manu disse...

Há meses eu tô morrendo pra ver esse filme!!!!