terça-feira, 30 de outubro de 2007

Goodbye 'mate', hello 'howdy!'


Durante anos e anos o humor inglês sofreu para emplacar nos EUA, mas parece que esses tempos difíceis passaram. The Office – criado por Ricky Gervais e Stephen Merchant – emplacou na terra do Tio Sam (depois de um começo problemático, é verdade), Extras (a outra série de Gervais) foi feita em parceria com a HBO e já faz algum tempo que Matt Lucas e David Walliams estão desenvolvendo uma versão norte-americana para Little Britain. Até o Borat se deu bem por lá.

E as novidades seguem: The Office, segundo o TV Guide, vai ganhar uma série derivada. Assim como Grey’s Anatomy ganhou Private Practice, a NBC pretende dar um filhote à comédia. Mas com um detalhe importante: nenhum dos atores de Office deve ser "transferido" para o novo programa.

Outro que deve aparecer logo mais na TV ianque é Spaced, criado por Simon Pegg, Jessica Hynes e Edgar Wright. A Fox colocou Adam Barr (que trabalhou em Will & Grace) para tocar o projeto. O super-produtor McG (de The O.C. e Chuck) também está envolvido.

É claro que nem só de sucesso vive o mundo das adaptações britânicas. Em 2003 a série Coupling ganhou versão made in America e foi um fracasso de público e crítica – ao contrário da original, que durou quatro temporadas.

Um comentário:

ronaldo evangelista disse...

Isso sem falar em Pop Idol / American Idol.
Aliás, como são ególatras esses títulos: American Idol, American Chopper, America's Next Top Model...