terça-feira, 24 de maio de 2011

Paul McCartney promove nostalgia energética em segunda noite no Rio



Minha resenha do segundo show da Up and Coming Tour, de Sir Paul, no Rio:

Há uma lógica na escolha do repertório para a Up and Coming Tour, de Paul McCartney, que teve sua segunda (e última) apresentação carioca no Engenhão, na noite de segunda, 23: quando um artista não tem como fugir de seu legado, o que ele pode fazer é simplesmente aceitá-lo e executá-lo da melhor forma possível.

McCartney, depois de décadas tentando descobrir a melhor fórmula para seus shows, parece ter descoberto essa lógica. Não adianta jogar os sucessos de lado: "Yesterday", "Hey Jude" e "Let it Be" sempre estarão nos shows do beatle. E o diferencial entra exatamente aqui: enquanto artistas veteranos tendem a executar os hits em piloto automático, o lendário baixista não deixa de injetar uma aparente sinceridade em suas performances.


O resto está aqui, no site da Rolling Stone. Abaixo, "Blackbird" gravada toscamente no show de ontem.

video

Nenhum comentário: