segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Apenas mais um dia no meu Whatsapp...

Eu ia deixar passar batido, mas resolvi revidar: a conversa abaixo rolou no meu Whatsapp na manhã desta segunda-feira.

Quero deixar claro que respeito a religião de todo mundo, só não venha pregar generalidades por meio de correntes no meu telefone celular.

Começou assim, parecendo uma conversa da Shoshanna em Girls:

Era só o que me faltava: corrente via celular. Jesus morreu por mim, mas se eu não repassar essa mensagem para 15 pessoas... Sou seguidor do diabo. Assim seja.

Minha religião não foi bem aceita pelo estranho.

Origem da imagem: Google+weird pictures. Também descobri que o maluco acha que eu sou um tal de Fabio, que anda meio decepcionado. E é isso que você faz pra ajudar um amigo, né, manda uma mensagem no Whatsapp dizendo que - se ele não repassar o SMS - ele é seguidor de Satã.

Aqui eu me dediquei um pouco mais: joguei "trechos assustadores da Bíblia" no Google e copiei duas das frases mais estranhas pra ver se o tal seguidor de Cristo as reconheceria. Claro que não reconheceu.

A tal face que eu mandei é, na verdade, um vilão de Doctor Who - o Abzorbaloff. Um dos piores vilões, veja bem. E aí o cara quis me queimar! [se você não sabe o que é Doctor Who, aproveite e ouça este podcast]

Aqui ele se animou e mandou uma mensagem em áudio.


Aqui eu decidi acrescentar um pouco de notícias contemporâneas, como a das imagens dos raios no Cristo Redentor, no Rio, que acabaram danificando a estátua. Recebi mais um áudio.

Achei curioso o "cuide de sua vida", já que eu estava cuidando da minha vida até receber essa mensagem de corrente de um completo desconhecido (que curte colocar a mãe ou esposa para gravar mensagens para supostos satanistas que ele nem sabe de onde surgiram).

Para encerrar, resolvi responder à altura, também em áudio, recorrendo a uma força superior imbatível: uma pegadinha clássica do Programa Silvio Santos. A do exorcista me pareceu ser a mais apropriada.


Ponto final. Não há quem vença uma disputa com uma pegadinha do Silvio - nem Deus, nem o Diabo.