terça-feira, 3 de dezembro de 2013

O maravilhoso mundo do criador de Veep




Veep é uma das melhores comédias atualmente sendo exibidas na televisão norte-americana. Muito pelas atuações de Julia Louis-Dreyfus (a Elaine, de Seinfeld) e Tony Hale (o Buster, de Arrested Development), mas também pelo universo político-non-sense criado pelo escritor escocês Armando Iannucci.



Eu descobri Veep de um modo torto, que explica perfeitamente o talento de Iannucci. Em 2010, por algum motivo que me foge agora, cheguei ao filme Four Lions - uma comédia fantástica que mistura terrorismo e inocência de uma forma engenhosa e assustadora. Se você não viu, corra atrás. Pois Jesse Armstrong e Simon Blackwell, dois dos roteiristas, mais o diretor, Chris Morris, acabaram na equipe de Veep. E ambos trabalhos têm uma sensibilidade similar, exibindo o lado patético do poder –de um lado dos terroristas, do outro dos governantes norte-americanos (em Veep, Julia interpreta a vice-presidente dos EUA).


Mas não é só isso. Iannucci foi o criador de The Thick of It, uma série impecável que tem Peter Capaldi (o novo Doctor Who) como assessor do primeiro ministro britânico – ou seja, uma versão britânica de Veep. E Capaldi domina a cena como ninguém, gritando frases de efeito e palavrões como se não houvesse amanhã. Foram quatro temporadas impecáveis, mais alguns especiais, ao estilo britânico.

Acabaram as conexões? Não, ainda não. 

The Thick of It gerou um longa-metragem em 2009, In the Loop, que tem o personagem Tucker e vários atores de The Thick of It e futuros intérpretes de Veep. Ah, e um cara que talvez você reconheça de uma série qualquer: James Gandolfini (o Tony Soprano, de Família Soprano, como um general). O filme acabou indicado ao Oscar de roteiro adaptado, mas perdeu para A Rede Social, curiosamente escrito por Aaron Sorkin, outro gênio das séries de bastidores políticos, criador de The West Wing.


Veep volta ao ar em 2014, com 10 novos episódios. Iannucci ainda escreve colunas em jornais, faz programas de rádio e deve lançar em breve seu primeiro romance, Tongue International (sobre uma empresa de marketing que lança uma nova língua). Ele também é bastante ativo no Twitter.

Um comentário:

baduljp disse...

As opiniões sobre esta nova série é muito boa , mas também muito diferente. Dentro de tudo tem o seu lado bom , como assistir os atores: Matt Walsh e Timothy Simons . Eu acho que o contexto de Veep é uma combinação perfeita de grandes atores e comédia política. Estou ansiosa pela a terceira temporada .