domingo, 26 de junho de 2011

O dia em que deixei Britney Spears triste no Rio



Fuçando em uns CDs antigos, achei um vídeo que eu pensava ter perdido: é um trecho da entrevista coletiva da Britney Spears no Rio de Janeiro, na época do Rock in Rio 3, em 2001. Nele eu pergunto para a cantora se vale a pena trocar a privacidade pela fama. Ela respondeu que não. Climão. (pode ir direto ao 1 minuto e 40 segundos do vídeo acima - ou veja inteiro, se você quiser saber se ela conhecia a carreira de Sandy & Junior)

A real é que, enquanto ela estava fazendo fotos na sala ao lado, eu estava onde seria a entrevista. Quando a Britney entrou, só estávamos eu e uma amiga sentados. Dava para ver o quanto ela não estava feliz naquele momento. Não mal humorada, só triste. Aí começou a entrevista e ela abriu aquele sorriso automático de Hollywood.

E já que o assunto é Britney e o Rock in Rio, também achei o áudio que vazou durante a transmissão do show dela. Na época ela ainda era considerada santinha, então a quantidade de palavrões assustou.

3 comentários:

Ronaldo Evangelista disse...

Gostei da tradutora: "I try to have a personal life" virou "não tenho direito a vida privada".

Ronaldo Evangelista disse...

Gostei da tradutora: "I try to have a personal life" virou "não tenho direito a vida privada".

arte digital disse...

onde vc achou esse áudio? eu quero baixar