quarta-feira, 20 de abril de 2011

Dr. Rey guarda o pó da MAC e senta a mão em quem o chama de gay



Entrevista do médico e astro de reality show Dr. Rey, o Dr. Hollywood, ao iG:

iG: Você se incomoda de as pessoas acharem que você é gay?
Dr. Rey: Quebrei o braço de um gringo lá em Nova York. Durante um desfile, num teatro gótico superlegal. Saindo do teatro, eu escuto: "Rey, quando você vai sair do armário?". Escutei 150 vezes e sorri, desliguei. Mas foi 151 vezes. Eu tirei meu paletó – claro, não ia estragar meu Versace de US$ 6 mil -, esvaziei meu bolso, tirei meu pó MAC, só pra ele ver que eu tinha, e disse: 'O que você falou de mim? Vou te dar uma surra'. A alta sociedade de Nova York abriu uma roda e viu a luta. Aquele gringo nunca mais vai chamar brasileiro de viado. Todo mundo aplaudiu.


Os itálicos foram por minha conta. A íntegra da entrevista está aqui.

2 comentários:

purple hazed disse...

RSRSRSRSRSR
teattro gotico apenas

Tete disse...

Mais é lógico que não!
Ele é pai de família!
Adoro ele!
ainda por cima e um car esforçado, sempre lutou para ser hoje o que é!