quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

O mundo em 2011: o que vem por aí na música



A época dos "melhores de 2010" já está quase no fim, então é hora de olhar para frente! Quais discos podemos esperar para este ano? A lista é grande e interessante.

  • Born This Way, Lady Gaga. É hora da cantora provar que não se beneficiou só de seu estilo visual maluco. Ela já disse que o trabalho é mais roqueiro, mas o que é "mais rock" para Lady Gaga? E será que os fãs da dance music que ela vinha fazendo vão aceitar bem essa virada? Produção: RedOne. Previsão: 23 de maio.

  • Várias possibilidades do U2. A banda de Bono é campeã em falar: disse que tinha um EP de sobras do álbum No Line on the Horizon, que faria um disco dançante e que já trabalhava em novas faixas para um terceiro produto. Qual vai vingar? Produção: Danger Mouse, Daniel Lanois, David Guetta (!), Will.I.am, Brian Eno. Previsão: primeiro semestre de 2011.

  • Mais inéditas de Michael Jackson. O acordo firmado pelo espólio do cantor garante mais muitos lançamentos, então um novo trabalho deve chegar às lojas neste ano. Conforme este post sobre sobras do astro, talvez o disco não seja tão decepcionante quanto o fraco Michael. Produção: John McLain e outros. Previsão: segundo semestre.

  • Ainda sem título, Foo Fighters. Dave Grohl retoma parcerias com Krist Novoselic (em uma música só, é bom não esperar muito...), Butch Vig (lendário produtor de Nevermind, do Nirvana) e o ex-(atual?)integrante Pat Smear. Produção: Butch Vig e Foo Fighters. Previsão: primeiro semestre.

  • "O sétimo álbum", Britney Spears. Ainda sem nome oficial, Britney pode voltar "mais eletrônica". O primeiro single, "Hold It Against Me", deve sair já neste mês. Produção: Dr. Luke, Max Martin. Previsão: março.

  • Novo álbum de Beyoncé. Muita coisa já foi dita sobre o trabalho novo da cantora: que seria influenciado por Michael Jackson e Fela Kuti, que teria um clima de rock em alguns faixas e que "seguiria por outra direção". Sabe-se que The-Dream (autor de "Single Ladies") está escrevendo para o trabalho, assim como Ne-Yo. Produção: Jim Jonsin, Rodney "Darkchild" Jerkins, Sean Garrett. Previsão: indefinida.

  • Watch My Throne, Jay-Z e Kanye West. Os ícones do rap se juntam para um disco que, segundo West, é "como alta costura do hip hop". Produção: não anunciada, mas Q-Tip é uma possibilidade. Previsão: semana que vem, diz Kanye West.

    MAIS: The People's Key, Bright Eyes(15 de fevereiro). Sofrimento e tristeza com Conor Oberst, aqui com participações de uma legião de músicos independentes. Akonic, Akon (21 de fevereiro). Depois de um hit ao lado de Michael Jackson, mais canções para infestarem as rádios. Let England Shake, PJ Harvey (14 de fevereiro). Mais possíveis pérolas de uma das maiores performers do rock. Detox, Dr Dre (fevereiro). O primeiro disco do produtor desde 1999 - e também o último, segundo ele. Collapse Into Now, R.E.M. (7 de março). Segundo Mike Mills, "mais variado" e com participações de Eddie Vedder, Patti Smith e Peaches. E ainda teremos discos de Lil Wayne, Gal Costa, Coldplay, Mallu Magalhães, Marisa Monte, Missy Elliott, CSS, Rush, RPM (!), Chico Buarque, Marcelo Camelo e Strokes.
  • 5 comentários:

    alemão uc disse...

    sabe alguma coisa sobre o 3º do CSS?

    Paulo Terron disse...

    Não sei... Mas acho que sai logo, sim. Vou até incluir ali.

    alemão uc disse...

    pô, terron. faz uma entrevista com o adriano pro blog. haha. vai que ele libera uma prévia.

    Bruno Taurinho disse...

    Sera que o tal do novo disco do Aerosmith sai em 2011?

    Paulo Terron disse...

    Duvido!

    Mas vai saber...