quarta-feira, 30 de junho de 2010

Ouça a parceria de Kid Cudi com Kanye West (e não é como você espera que seja...)



Que tal essa "Erase Me", parceria do Kid Cudi com o Kanye West? Não é nada do que eu esperava. Apesar dos beats, é bem mais orgânicas e roqueira. Lembrou um pouco as coisas mais recentes do Weezer (se elas fossem boas, claro).

A faixa deve entrar em Man on the Moon II: The Legend of Mr. Rager, segundo álbum de Cudi, que sai em setembro.

Uma outra faixa desse disco está na rede: "REVOFEV". Dá para ouvir aqui.

MTV libera o trailer da segunda temporada de Jersey Shore

Eu ia escrever durante a primeira temporada, mas acabei me esquecendo: Jersey Shore é o melhor reality trash show (trashow?) da história. E agora a MTV gringa liberou o trailer do segundo ano, que foi gravado em Miami:



A estreia da segunda temporada será em 29 de julho, nos EUA. Como a MTV Brasil exibiu a primeira, é provável que mostre essa também.

Concorra a um livro Michael, com as reportagens da Rolling Stone sobre o Rei do Pop



Essa é uma promoção do programa Qualquer Coisa, mas não custa divulgar aqui também: você pode concorrer a um exemplar do livro Michael, com todas as reportagens sobre Michael Jackson publicadas pela Rolling Stone.

É fácil. Basta mandar um email para qualquercoisa@oifm.com.br dizendo qual nome você daria para um novo disco do cantor. Pode ser piada, sério, em inglês ou português. A melhor resposta leva o livro.

O nome do vencedor será divulgado no próximo Qualquer Coisa, na segunda-feira, a partir das 22 horas na Oi FM (em São Paulo, Campinas e Porto Alegre - outras cidade podem ouvir pelo site da rádio).

  • Clique aqui para ler o PDF do prefácio de Michael, escrito por Will.i.am (do Black Eyed Peas).
  • HQ Apocalypse Nerd vai virar série de TV na BBC



    A HQ Apocalypse Nerd, de Peter Bagge (Hate), vai virar série de TV na BBC. Com o nome Wasted, a série deve estrear em uma data ainda não divulgada. Seguindo o formato britânico, devem ser seis episódios. A produção é da Nois Productions, do brasileiro Alex Carvalho.



    Os quadrinhos contam a história de Perry (um nerd que trabalha em empresa de tecnologia) e Gordo (um desocupado que vende drogas) que, ao voltar de uma viagem ao campo, descobrem que a Coreia do Norte fez um ataque nuclear aos EUA e o mundo está caótico. No meio do caminho (a história foi publicada em seis volumes, pela Dark Horse), eles passam por comunidades gay, enfrentam malucos canibais e brigam sem parar.

    Dá para ler um preview gratuito do primeiro número de Apocalypse Nerd no site da editora norte-americana. Clique aqui.

    O pesadelo de lançar Jimmy Corrigan no Brasil



    André Conti, editor da Companhia das Letras, explica - em um post no blog da editora - como foi difícil traduzir e lançar por aqui o álbum de quadrinhos Jimmy Corrigan: o Menino Mais Esperto do Mundo, de Chris Ware. Um trecho do texto:

    "No departamento de produção, as coisas não iam tão bem. Novos testes de papel mostravam uma diferença muito grande entre as cores da nossa edição e as do original. Enquanto o monitor indicava mais uma vez que o livro estava bom, no papel o vermelho saía laranja, o verde ficava azul, o marrom voltava para o vermelho, sabe-se lá o que ia acontecer com o amarelo. Entramos em contato com o autor, que gentilmente sugeriu que acertássemos as cores na gráfica, como ele havia feito quando o livro saiu lá fora. Mas se isso era comum em 1950, hoje em dia não é bem assim. Era preciso voltar ao arquivo mais uma vez e calibrar página por página, às vezes quadro por quadro, até acertar tudo. Quando chegamos num dos testes finais, o motoboy que foi pegar o pacote na gráfica caiu no caminho e, embora não tenha se machucado, o mesmo não pode se dizer do nosso teste."


    Vale a pena ler. Você vai dar ainda mais valor ao livro.

    Atividade Paranormal 2 ganha trailer (veja!)

    Atividade Paranormal 2 ganhou trailer e, ao que parece, a personagem Katie realmente estará de volta - em sua versão possuída.



    E uma pessoa mais atenta já encontrou uma mensagem escondida, "What is happening to Hunter?" ["o que está acontecendo com Hunter?"], escondida nesse vídeo.

    O diretor dessa sequência é Tod Williams. O filme estreia em 22 de outubro, tanto nos EUA quanto aqui.

    terça-feira, 29 de junho de 2010

    Documentário explora a obsessão dos japoneses com insetos



    O documentário Beetle Queen Conquers Tokyo teve uma exibição limitada recentemente nos EUA, além de ter rodado os festivais de cinema (passou inclusive pelo South by Southwest, no ano passado). O filme explora as relações dos japoneses com os insetos, o que leva a coisas como o Japanese Bug Fights.



    E você aí, achando que era todo especial por ter um labrador!

    "Beetle Queen Conquers Tokyo funciona como uma turnê virtual de acts like a 360°", explica a diretora Jessica Oreck, que trabalha no Museu de História Natural de Nova York, no site oficial do longa. "O filme gira em torno do amor do Japão pelos insetos, e, nesse processo de captura dos diferentes ângulos dessa microcultura ele vislumbra algo muito maior." O que ela quer dizer é que, por meio dessa obsessão mostrada no documentário, você consegue entender melhor alguns aspectos da cultura e filosofia do Japão.

    Veja o trailer com uma qualidade melhor aqui.

    Veja três vídeos da Thalma de Freitas no Qualquer Coisa

    Ontem a Thalma de Freitas passou pelo Qualquer Coisa e tocou três músicas para gente, acompanhada pelo Quincas Moreira e pelo nosso coapresentador Max de Castro. Fiz uns vídeos, começando com "Enquanto a Gente Namora":



    Também rolou uma homenagem improvisada ao rapper Sabotage, com quem o Quincas trabalhou (ele inclusive gravou os vocais do ainda inédito segundo álbum do cara, que deve sair neste ano):



    E Thalma e seu duo poderoso de acompanhamento ainda tocaram "Tranquila":



  • MAIS: veja os vídeos da apresentação de Tulipa Ruiz no programa; ouça uma faixa inédita de Lobão, gravada no Qualquer Coisa; escute a entrevista exclusiva com o guitarrista do Guns N'Roses, também no programa.
  • segunda-feira, 28 de junho de 2010

    Morre Ken Brown, integrante do grupo pré-Beatles Quarrymen



    Ken Brown, que tocou baixo e bateria no Quarrymen (a banda que mais tarde virou os Beatles), morreu aos 70 anos. Ele foi vítima de enfisema, no dia 9 deste mês.

    O Quarrymen continua fazendo apresentações até hoje, mas Brown não tocava na formação recente.

    sábado, 26 de junho de 2010

    Teaser de The Social Network ("o filme do Facebook") está na web



    Eu acho que The Social Network, dirigido pelo David Fincher e que conta a história da criação do Facebook, vai ser bem foda. Estreia em 3 de dezembro no Brasil.

    sexta-feira, 25 de junho de 2010

    Mark Lanegan e a música mais esperada do show de ontem (veja!)



    Eis a música mais esperada da apresentação do Mark Lanegan ontem, no Popload Gig Cult, em São Paulo: "Hangin' Tree", do Queens of the Stone Age, lançada em Songs for the Deaf (2002). Nessa hora todo mundo parou de conversar e ouviu o show. Mentira, as pessoas só gritaram no começo e voltaram a conversar.

  • Mais vídeos: um trecho de "On Jesus' Program" (de I'll Take Care of You, 1999) e a íntegra de "Traveler" (do Screaming Trees, lançada em Dust, 1996).



  • Katy Perry esquenta a capa da Esquire



    Que tal a capa da Esquire com a Katy Perry? É obra do chinês Yu Tsai.

    quinta-feira, 24 de junho de 2010

    É possível (mas não certo) que Paul McCartney venha para o SWU (atualizada)



    ATUALIZAÇÃO: o organizador do SWU postou uma mensagem no Twitter dizendo que McCartney não deve vir ao evento este ano. "o Paul pra este ano sem chance mas o SWU continua e comeca com VCS", escreveu Eduardo Fischer.

    Boatos de uma possível vinda de Paul McCartney rolam desde 1993. Sim, naquele ano ele passou pelo Brasil e, logo depois, começaram a dizer que ele viria novamente, para um show acústico. Dezessete anos se passaram. E nada mais.

    Os boatos continuaram. A cada par de meses, um "agora ele vem!". E, quase sempre, o rumor vinha acompanhado de um "praticamente fechado". Só que no mundo dos eventos existe um abismo entre "praticamente" e "fechado".

    A bola da vez é o festival Starts With You (SWU), que rola em outubro, em Itu. Neste caso, há alguns pontos interessantes a serem levados em consideração:

  • Paul McCartney é ativista, então um evento dedicado à sustentabilidade pode agradá-lo;

  • O nome de Macca estava na wishlist do festival – e todas as atrações confirmadas até agora saíram dessa lista;

  • Durante a entrevista coletiva para anunciar o SWU, o organizador Eduardo Fischer deixou escapar que tinha uma reunião em Londres, no mês que vem, pouco antes da data em que o beatle parte para os EUA, para mais uma parte da Up and Coming Tour;

  • Pela primeira vez em cerca de uma década, minhas fontes perto do músico não foram categóricos em negar essa possibilidade – apenas disseram que "por enquanto" é só boato.


  • Agora é esperar e torcer.

    terça-feira, 22 de junho de 2010

    Veja a apresentação de Tulipa Ruiz no Qualquer Coisa

    A Tulipa Ruiz passou pelo Qualquer Coisa, na Oi FM, ontem. Além de conversar comigo, com o Max de Castro e com o José Flávio Junior, ela ainda cantou três músicas. Olha só:





    LaToya Jackson reencontra Bubbles, o macaco de Michael



    LaToya Jackson teve um reencontro emocionante (só para ela, aparentemente) com Bubbles, o macaco de estimação de Michael. Foi na reserva para animais onde o bicho vive desde 2005, quando Jacko não conseguiu mais lidar com ele.

    É uma daquelas alegrias que só alguém da família Jackson consegue nos dar.

    As músicas do verão norte-americano (segundo a EW)



    A revista Entertainment Weekly selecionou, em sua edição mais recente, as músicas que devem bomnbar no verão norte-americano. Veja se alguma ajuda a esquentar o seu inverno brasileiro:

  • "California Gurls", Katy Perry


  • "My First Kiss", 3OH!3 (com Ke$ha)


  • "Power", Kanye West


  • "Airplanes", B.O.B (com Hayley Williams, do Paramore)


  • "OMG", Usher (com Will.i.am)


  • "Alejandro", Lady Gaga


  • "Billionaire", Travie McCoy (com Bruno Mars)


  • "In My Head", Jason DeRulo


  • "Undo It", Carrie Underwood


  • "Can't Be Tamed", Miley Cyrus
  • segunda-feira, 21 de junho de 2010

    Rihanna mostra mais do que queria em show



    A Rihanna deu uma bobeada durante um show em... (Não sei onde, mas importa?) e mostrou mais do que deveria. O Egostatic! tem as imagens sem censura.

    Enquanto isso, na África do Sul, as pessoas estão preocupadas em discutir se o Dunga é mal educado ou não.

    Scott Pilgrim: o copo da festa da E3



    Olha o copo no qual a bebida era servida na festa temática do Scott Pilgrim, durante a semana da E3, em Los Angeles. A festa era para promover o game, mas a imagem é do pôster do filme Scott Pilgrim Vs. the World.

    [Quem me trouxe foi o Pablo Miyazawa, que fez a melhor cobertrura da E3]

    The Social Network ganha pôster com Jesse Eisenberg



    The Social Network (ou "o filme do Facebook") ganhou o pôster acima, revelado no site oficial da produção. A imagem mostra Jesse Eisenberg (de Zumbilândia) como Mark Zuckerberg, fundador do site de relacionamento (que, supostamente, passou algumas pessoas para trás ao lançar a empresa). O diretor é David Fincher.

    sexta-feira, 18 de junho de 2010

    Paul McCartney, 68 anos

    Para comemorar os 68 anos que Paul McCartney completa nesta sexta-feira (18), vídeos de 1968:









    Parabéns, Paul.

    Relíquias da Copa: a bolinha do "Papa Essa, Brasil!"



    Em 1990, Hans Donner criou essa bolinha da foto acima. Você coloca ela na mão e, encostando nos dois sensores, ela toca a musiquinha do "Papa Essa, Brasil!". Vinte anos depois, encontrei-a (ainda funcionando!) esquecida em um armário.

    Scott Pilgrim Contra o Mundo: o pop em sua essência



    A minha resenha para Scott Pilgrim Contra o Mundo, lançado pela Quadrinhos na Cia. por aqui e que junta Scott Pilgrim's Precious Little Life e Scott Pilgrim vs. the World em um só volume:

    "É o sonho de qualquer nerd: a união perfeita entre história em quadrinhos e videogames. Na série de Bryan Lee O'Malley (que cuida de texto e ilustração) – a edição nacional junta os dois primeiros volumes da saga (de seis, no total, com o último volume chegando às livrarias gringas no mês que vem) –, o personagem-título é um cara inseguro, de vinte e poucos anos, levando uma vida sem rumo no pacato Canadá. Até que ele conhece Ramona, seu oposto em tudo: descolada, esperta e vinda de Nova York. Só que a garota tem certa bagagem: sete ex-namorados que Pilgrim precisa enfrentar, como se fossem as barreiras para a troca de fases em um game. A obra fica entre o excesso de informação da geração pós-00 e a preguiça que normalmente vem com ele."


    O resto você pode ler no site da Rolling Stone ou na edição 45 da revista (Mick Jagger ou Keith Richards na capa), nas bancas agora.

    quinta-feira, 17 de junho de 2010

    Jonah Hill enfrenta John C. Reilly no filme Cyrus



    Curti a performance do Jonah Hill como filho psicopata que persegue o padrasto - John C. Reilly, no caso - no filme Cyrus. Acima está o trailer internacional, abaixo o norte-americano. O filme estreia nos EUA amanhã. Por aqui ainda não há previsão.

    Diretor libera trailer internacional de Scott Pilgrim Vs. the World (veja!)



    O diretor Edgar Wright liberou hoje o trailer internacional do filme Scott Pilgrim Vs. the World. A trilha bateu forte: LCD Soundsystem, Jon Spencer Blues Explosion, Blood Red Shoes e Prodigy.

    Por aqui, a adaptação dos quadrinhos de Bryan Lee O'Malley estreia em outubro.

    Ouça "REVOFEV", o novo single de Kid Cudi



    "REVOFEV" é o novo single de Kid Cudi, que facilmente ficou no posto de autor de duas das melhores faixas de 2009: "Day 'n' Nite" e "Pursuit of Happiness".

    A música deve estar em Man on the Moon II: The Legend of Mr. Rager, que o músico lança em setembro. Clique aqui para baixar o MP3.

    [via Vulture]

    MTV acerta em comédia teen The Hard Times of RJ Bergen (com CSS!)



    A MTV norte-americana conseguiu um feito notável: juntar o zeitgeist adolescente contemporâneo em uma série de TV de ficção e, olha só, ainda deixá-la engraçada e divertida. The Hard Times of RJ Berger tem de tudo: o personagem central, o nerd RJ que, durante um jogo de futebol, sofre um "acidente de vestuário" e revela à escola toda que é bem dotado; uma linguagem visual que mistura de animê, referências a filmes de kung fu, mangá e videogame; uma trilha-sonora matadora, que não tem pudor em misturar CSS, Lil Wayne e Rush.

    Aliás, a utilização de "Alala", do CSS, foi de primeira:



    A série tem um clima "Quentin Tarantino fazendo comédia teen" (Taranteeno?). Além de tudo, a estreia teve 2,6 milhões de telespectadores - a maior da MTV desde 2008. É um novo excepcional, se você lembrar que a emissora é paga nos EUA.

    Agora a melhor notícia: a MTV, que costuma bloquear o acesso de internautas não-norte-americanos a seus vídeos, deixou os dois primeiros liberados integralmente em seu site. Corra enquanto ainda dá para ver!

    quarta-feira, 16 de junho de 2010

    Michael Lang, cocriador do Woodstock, explica o festival Starts With You (veja!)



    A organização anunciou oficialmente o festival Starts With You (SWU) hoje de manhã, em São Paulo. O evento terá Linkin Park, Dave Matthews Band, Pixies e Incubus e será em uma fazenda, em Itu, em outubro.

    Um dos consultores do projeto é Michael Lang, um dos criadores do Woodstock. No vídeo acima ele fala sobre passado, presente e futuro. Trecho:

    "Qualquer coisa relacionada a sustentabilidade vale a pena. Achei que o conceito deles [do SWU] era muito bom. É algo que saiu dos anos 60, daquela época em que as pessoas se envolveram. Isto aqui também é sobre envolver as pessoas."

    "Meu problema com o Live Earth foi que os artistas não eram muito envolvidos nas questões sustentáveis, eram só artistas pop, estavam lá mais por ser um grande show. Aí participavam do Live Earth e era isso, depois desapareciam. É preciso que os artistas estejam envolvidos nos problemas, para mostrar ao público que aquilo é realmente sério, que as pessoas estão ali por uma razão e que, além de entreter, os artistas estão lá para aprender também."

    "[Em um festival fora da cidade, onde você pode acampar] você vive com as pessoas, faz amigos, se torna parte dessa comunidade. Depois que as pessoas notarem isso, vão adorar. Por isso que os Estados Unidos têm tantos festivais assim."



    Leia mais sobre o SWU na matéria que a Fernanda Catania - que, aliás, foi quem gravou as imagens acima - escreveu para o site da Rolling Stone, aqui.

    terça-feira, 15 de junho de 2010

    E o game do Scott Pilgrim?



    Se o jogo do Scott Pilgrim não é a coisa mais legal/nerd do mundo, eu não sei o que é:





    A trilha é do grupo Anamanaguchi. O jogo Scott Pilgrim vs. the World: The Game deve ser lançado em agosto, exclusivamente na PlayStation Network. Depois, em data indefinida, deve chegar ao Xbox Live.

    Ainda no assunto Scott Pilgrim, mas indo para a adaptação cinematográfica, o io9 tem imagens dos pôsteres dos sete ex-namorados da Ramona (os que Pilgrim tem de enfrentar para poder ficar com ela).

    Soundgarden anuncia nova música, Cornell canta na E3



    O Soundgarden anunciou que lançará "Black Rain", uma música nova inédita, no game Guitar Hero: Warriors of Rock. O jogo deve sair em 28 de setembro. Será o primeiro lançamento da banda desde 1997, quando se separou.

    Para comemorar, o vocalista Chris Cornell cantou "Black Hole Sun" acompanhado pela Filarmônica de Los Angeles na festa da Activision ontem, na Califórnia, como parte da feira de games E3.

    "Tudo é possível", diz especialista sobre a seleção da Coreia do Norte, primeiro adversário do Brasil na Copa



    É provável que o britânico Daniel Gordon seja o maior especialista em futebol norte-coreano (se é que esse posto existe). Ele dirigiu, em 2002, o documentário The Game of Their Lives, sobre o lendário desempenho da seleção nacional da Coreia do Norte em 1966, que na Copa do Mundo derrotou a Itália e só foi eliminada por Portugal, nas quartas de final.

    Com autorização do governo de Kim Jong-il, ele mostrou o que aconteceu com os jogadores daquele time (vários seguiram carreira no exército) e recriou a trajetória do time azarão que assustou os gigantes do futebol. Gordon ainda voltou ao país asiático para fazer outro filme, A State of Mind, sobre os jogos nacionais norte-coreanos (uma grande apresentação de ginástica relacionada pelo governo).

    O britânico ainda teve permissão para acompanhar os treinos do 25 de Abril - o time do exército que, nesta Copa, mandou seis jogadores à seleção -, algo normalmente vetado aos jornalistas esportivos. Por e-mail, Daniel Gordon falou sobre o futebol norte-coreano, as chances do primeiro adversário do Brasil no campeonato e as negociações para a realização de The Game of Their Lives.

    Como surgiu a ideia para o documentário? Deve ser difícil já começar pensando: "É uma boa história, mas também teremos de lidar com um monte de questões políticas".

    Sempre tive uma fascinação com esse time, desde quando meu pai me comprou uma VHS do filme oficial da Copa do Mundo de 1966. Eu era só uma criança, mas fui cativado pelo time e pelo o que eles conseguiram! Inicialmente, não sabia das questões políticas, eu queria fazer um filme puramente sobre futebol. Mas acabei com muito mais...

    Você tinha algum contato com a cultura da Coreia do Norte antes disso?

    Nada. Eu sabia os nomes de todos os jogadores que derrotaram a Itália, sabia quem marcou os gols de cada jogo - e em que minuto. Mas não fazia ideia de quem era Kim Il Sung [presidente eterno da Coreia do Norte, morto em 1994, mas que continua como líder simbólico do país, hoje comandado por seu filho, Kim Jong-il].

    O quanto de burocracia vocês tiveram de enfrentar para poder entrar no país?

    Não foi nem uma questão de burocracia, mas sim de idas e voltas para ganhar confiança. Eles precisavam ter certeza de que eu era exatamente quem eu dizia ser, e que o filme se manteria em um tom neutro. Isso envolveu muita persuasão, mas, quando eles concordaram, não poderia ter sido melhor.

    Assim como na seleção que está nesta Copa, muitos dos que integravam aquele time de 1966 saíram do 25 de Abril, o time do exército. Você teve acesso ao time? Como você o compararia, por exemplo, a um time britânico?

    Vi muitos dos treinos do 25 de Abril, em todos os níveis. O time principal é bom, consistente - mas não dá para compará-lo a um bom time da liga europeia, os padrões não são os mesmos. Ainda assim, eles têm a capacidade de jogar melhor em uma eliminatória, o que é um alerta aos oponentes deles na Copa do Mundo!

    Você se sentiu pressionado para ser crítico em relação ao esquema "país isolado sem liberdade civil" da Coreia do Norte?

    Nem um pouco. Eu estava lá para fazer um filme sobre o time de 1966. As imagens dizem tudo.

    E a nova seleção? Ela tem alguma chance na Copa do Mundo?

    Tudo é possível. Simplesmente não dá para saber - eles são desconhecidos e, na classificação, mostraram o que podem fazer sob pressão. Jogar contra gente como Brasil, Costa do Marfim e Portugal é uma missão gigantesca, mas uma vitória e um empate pode colocá-los na próxima fase - e eles certamente estão nesse nível.

    segunda-feira, 14 de junho de 2010

    HBO libera mais um vídeo da série Boardwalk Empire



    Lembra de Boardwalk Empire, série da HBO com o roteirista Terence Winter (Os Sopranos) e Martin Scorsese dirgindo o piloto? Ganhou mais esse promo, acima.

    A série é baseada no livro Boardwalk Empire: The Birth, High Times, and Corruption of Atlantic City, de Nelson Johnson, tem 12 episódios e se passa em Atlantic City na época em que o álcool foi proibido, entre 1920 e 1933, o que levou a Máfia a se envolver em outras áreas (não só o jogo, como era comum na época).

    Ainda sem data precisa para a estreia, Boardwalk Empire deve chegar à TV no final do segundo semestre (nos EUA). Steve Buscemi e Michael Pitt estão no elenco.

    Videogame sem controles? Agora finalmente é verdade



    Esse é um passo importante para o mundo dos games - resta saber se ele vai dar certo. A Microsoft mostrou o Kinect - antigo "project Natal" - aos jornalistas que estão na E3, a feira de games que está rolando em Los Angeles. Segundo o Pablo Miyazawa, é assim:

    Em evento realizado no ginásio Galen Center (Los Angeles), na noite de domingo, 13, a Microsoft escancarou detalhes sobre seu mais novo acessório para o videogame Xbox 360. O Kinect, nome oficial do produto antes conhecido como "Project Natal", é uma câmera tridimensional que, posicionada diante da televisão e acoplada ao console, permite ao usuário interagir fisicamente com um game sem a utilização dos tradicionais joysticks.


    Ele dá mais detalhes no site da Rolling Stone, e também descreve no blog dele a experiência "inacreditável" que a empresa de Bill Gates promoveu (que incluiu deixar os jornalistas esperando, em pé, por três horas).

    domingo, 13 de junho de 2010

    Blondie volta (de novo) com "What I Heard" (ouça!)



    Esta aqui é "What I Heard", música nova do Blondie, que deve estar no disco Panic of Girls.



    A versão, como você deve ter notado, é ao vivo. Foi tocada no festival da Ilha de Wight, no sábado passado (12). Eles deram uma breve entrevista sobre o novo trabalho:



    Então a versão que eles andaram tocando de "Don’t Stop Till You Get Enough". Tudo bem, é só ouvir na internet:

    sexta-feira, 11 de junho de 2010

    Girls e Men fazem bons shows no Popload Gig. Mas teve aquele momento...

    Gostei do show do Girls, ontem, na edição paulistana no Popload Gig 3. Surpreendentemente bem tocado, com a banda empolgada e feliz (o baixista só não aguentou lá pelo meio do show e mandou um: "Dá para abaixar o volume das conversas? Está alto e fica ainda pior no meu retorno").

    Mas aí chegou a última música, o hit indie "Lust For Life" (é outra, não a do Iggy Pop), e os gringos resolveram chamar a Stephanie Toth para cantar. Bom... Veja você mesmo:



    Só vi uma parte do show do Men (com a JD Samson, do Le Tigre) mas, se ele continuou naquele ritmo, é impossível reclamar: som desencanado, para dançar na pista.

    Hoje o Popload Gig 3 segue para Porto Alegre. Amanhã é a vez do Rio de Janeiro. O site do evento tem as informações todas.

    Christina Aguilera encontra Le Tigre, Peaches e M.I.A.

    Sim, o CD novo da Christina Aguilera, Bionic, é ruim. Mas tem pelo menos duas faixas muito boas. Uma delas é "My Girls", co-escrita e produzida pelo Le Tigre e com participação da Peaches:



    E a outra, "Elastic Love", foi escrita pela M.I.A. (e dá para perceber), com produção do Switch:

    quarta-feira, 9 de junho de 2010

    Brasil não terá Woodstock em 2010



    Acabou de chegar a seguinte mensagem:

    Nota de Esclarecimento

    9 de junho de 2010

    O Grupo Totalcom, de Eduardo Fischer, em parceria com a The Groove Concept, esclarece que as informações que estão sendo veiculadas na imprensa sobre a realização pelo Grupo Totalcom de um festival de música com a marca Woodstock no Brasil não são procedentes.

    Em breve, o Grupo Totalcom divulgará informações oficiais a respeito de um grande movimento de sustentabilidade que envolverá, entre outras ações, também um festival de música.

    Atenciosamente

    TotalCom Comunicação e The Groove Concept


    Ou seja, o tal evento grande fora de São Paulo (e que deve ter o Pixies como atração) continua em pé, mas não se chama Woodstock.

    Scott Pilgrim: mais um comercial de TV!



    Olha aí, mais um comercial de televisão para Scott Pilgrim vs. the World. Só não é muito diferente do primeiro.

    Mais uma reunião do Monty Python



    Já está nas lojas norte-americanas o DVD/Blu-ray Not the Messiah (He's a Very Naughty Boy), uma performance erudita (semi-erudita? erudita-pop?) baseada em A Vida de Brian, do Monty Python.

    A peça foi escrita por Eric Idle e John Du Prez, os responsáveis pelo sucesso Spamalot (espetáculo da Broadway baseado em Em Busca do Cálice Sagrado), e conta com participações de Michael Palin, Terry Gilliam e Terry Jones. John Cleese não deu as caras na apresentação, que foi gravada no Royal Albert Hall, em outubro do ano passado.

    A curiosidade é que a obra não é de esquetes (ou só de reproduções das músicas do grupo de comédia): são interpretações das faixas em versão "orquestra sinfônica". Pelo menos é algo diferente, não mais um documentário ou coletânea de quadros do programa de TV Flying Circus.

    E você ainda pode cantar junto:

    Ouça a "volta" do Outkast! (atualizada)



    A música acima é uma parceria de Big Boi e Andre 3000 - apesar de não exatamente uma música do Outkast. "Looking for Ya" deve aparecer no álbum Sir Lucious Left Foot: The Son of Chico Dusty, que Big Boi lança no começo de julho.

    Eu digo "deve" porque essa história é estranha: apesar de trechos da faixa estarem na internet desde o ano passado e de o próprio músico ter afirmado que a canção (produzida por Boi-1da) estaria no disco, ela não consta do tracklist divulgado.

    ATUALIZAÇÃO: segundo o Undercover, Big Boi explicou à GQ que a Jive proibiu a parceria. O Outkast, em dupla, é contratado dessa gravadora - mas o álbum solo é da Def Jam.

    terça-feira, 8 de junho de 2010

    Wong Kar Wai para completistas (tem até terror/comédia)

    WKW

    Não tenho um dado preciso para dizer isso, mas notei que as pessoas voltaram a falar bastante do Wong Kar Wai. Os filmes dele voltaram a "pipocar" nos sites de torrent e blogs. É curioso, porque ele não está lançando nenhum filme.

    Depois de Um Beijo Roubado, o primeiro trabalho norte-americano dele, o cara deu uma sumida. Parece que está filmando The Grand Master, longa que conta a história do treinador de Bruce Lee (aliás, parece perda de tempo: Ip Man, de Wilson Yip, fez a mesma coisa em 2008 e foi muito elogiado). Aparentemente, ele também continua tentando levantar The Lady from Shanghai, filme que teve até Nicole Kidman entre os boatos sobre protagonista (o diretor negou).

    Dito isso tudo, resolvi resgatar um post que se perdeu em uma das mudanças de endereço do With Lasers. É de 2008 e trata de filmes que o Wong Kar Wai escreveu (mas não dirigiu), de curtas e de comerciais:

    Tenho de confessar que eu fico obcecado com as coisas facilmente. Então quando descobri o cinema de Wong Kar Wai (fui um fã tardio, eu sei) me enfiei de cabeça para ver absolutamente tudo o que ele tinha feito. E descobri várias surpresas simpáticas no caminho.

    A primeira foi Cinzas do Passado (1994), o longa-metragem de lutas marciais que estava meio esquecido. Quase todas as versões em DVD estão fora de catálogo, mas a remontagem Redux (que foi exibida na Mostra de São Paulo, inclusive) deve resolver esse problema logo mais.

    Mas há peças mais obscuras. A primeira é wkw/tk/1996@7'55"hk.net (1996), um curta-metragem feito por encomenda do estilista japonês Takeo Kikuchi (e com fotografia de Christopher Doyle, parceiro constante de Kar Wai). Graças a uma boa alma, o vídeo está no YouTube:



    Depois, em 2000, o diretor fez uma homenagem aos astros esquecidos do cinema chinês no curta Hua Yang De Nian Hua. Esse chegou a ser lançado oficialmente em DVD como bônus da edição que a Criterion Collection fez para Amor à Flor da Pele. E também está na web.

    Entre os curtas de Wong Kar Wai, o mais famoso é The Follow, lançado dentro da série The Hire – uma série de filmes pequenos bancados pela BMW em 2000 e 2001. O elenco tem Clive Owen, Adriana Lima (falando português), Mickey Rourke e Forest Whitaker. Esse trabalho foi inicialmente lançado na internet, mas depois também saiu em DVD. Atualmente está indisponível por meio de fontes oficiais, mas...



    O DJ Shadow teve o privilégio de escalar Kar Wai para direção do vídeo de "Six Days", faixa lançada no álbum The Private Press (2002). Como se não bastasse, o clipe ainda tem o ator Chang Chen, de O Tigre e o Dragão (dirigido por Ang Lee em 2000).



    A série de curtas-metragens continuou em Eros (dividido com Michelangelo Antonioni e Steven Soderbergh em 2004) e Cada Um Com Seu Cinema (2007, com outros 36 diretores, encomendado para comemorar os 60 anos do festival de Cannes). Essas duas compilações não são raras e estão disponíveis em DVD no Brasil.

    Voltando ao cinema patrocinado o diretor lançou There's Only One Sun em 2007. O filme foi pago pela Philips, que queria divulgar sua série Aurea de televisões.



    Até aí, tudo bem. Só que antes de assumir a direção, Wong Kar Wai era roteirista. Ele escreveu 13 filmes, dirigidos por várias pessoas. O primeiro foi Once Upon a Rainbow (1982), de Agnes Ng, mas o mais conhecido é provavelmente Final Victory (1987) – indicado a 11 prêmios, incluindo o de melhor roteiro, no Hong Kong Film Award do ano seguinte.

    Nesse meio tempo, a maior das surpresas: Wong Kar Wai escreveu DOIS filmes de terror! São as duas partes de The Haunted Cop Shop, lançadas em 1987 e 1988. O primeiro volume foi postado integralmente no YouTube:



    A lista não acaba nunca. Tem os comerciais que o diretor fez para a Dior, Motorola, Lacoste...

    segunda-feira, 7 de junho de 2010

    Stone Temple Pilots investe no samba-bossa (ouça!)

    Apesar de estar nas edições especiais do novo Stone Temple Pilots (o álbum mais recente da banda de mesmo nome), a faixa "Samba Nova" já circula entre os fãs faz alguns anos. Parece que os músicos só regravaram a canção (que lembra o trabalho solo de Scott Weiland, mesmo tendo sido escrita pelo Robert DeLeo):



    A versão "antiga" é essa:

    Andre 3000 grava Beatles para comercial

    A Nike tem acertado nos comerciais. Depois do belo filme de futebol do Iñarritu, eles colocaram o Andre 3000 para cantar "All Together Now", dos Beatles, em uma propaganda em parceria com a NBA.



    Parece mais Devendra Banhart do que Outkast. Para lembrar do original, que está na trilha de Yellow Submarine:

    Christina Aguilera não sabe dublar a própria música

    Christina Aguilera deveria ter treinado mais para a performance que ela fez ontem no MTV Movie Awards. Rolou um erro feio na dublagem do medley "Bionic"/"Not Myself Tonight"/"Woohoo":



    A MTV deve tirar esse vídeo do YouTube logo mais, mas você pode vê-lo aqui.

    Diretor divulga cena de luta de Scott Pilgrim

    Para não passar batida, a cena de luta de Scott Pilgrim vs. the World (exibida antes do MTV Movie Awards de ontem):



    Como tinham liberado na internet antes, não teve impacto algum ao ser exibida na TV. Ganharam mais destaque as cenas de Eclipse e Harry Potter a as Relíquias da Morte.





    As datas de estreia são: Scott Pilgrim vs. the World, 13 de agosto nos EUA (15 de outubro aqui); Eclipse, 30 de junho (lá e aqui); e Harry Potter (a primeira parte de Relíquias da Morte), 19 de novembro (lá e aqui).

    quinta-feira, 3 de junho de 2010

    quarta-feira, 2 de junho de 2010

    Scott Pilgrim vs. The World ganha comercial de TV



    Agora foi a vez da propaganda do filme Scott Pilgrim vs. the World chegar à televisão, com algumas imagens inéditas!

    Gilmore Girls em quadrinhos!



    Gilmore Girls em quadrinhos de Dan Zettwoch!

    Mas foi só uma brincadeira, infelizmente.

    Paul McCartney se prepara para tocar na Casa Branca com Stevie Wonder e Jack White



    Paul McCartney participou de uma entrevista coletiva ontem, na Library of Congress, para falar sobre o Gershwin Prize for Popular Song que ele recebe do presidente Barack Obama nesta quarta, na Casa Branca.

    Na apresentação, ele deverá receber convidados como Jack White, Stevie Wonder, Dave Grohl, Elvis Costello e os Jonas Brothers. O show será gravado para uma exibição na rede pública PBS, em 28 de julho.

    terça-feira, 1 de junho de 2010

    Quando Mick Taylor dominava os Rolling Stones (ouça!)



    Ok, "dominava" é exagero. Mas em 1972, os Rolling Stones estavam em um ótimo momento. Os motivos para isso poderiam gerar páginas e páginas de debate, mas um deles é certo: o guitarrista Mick Taylor.

    Não acredita? Escute a versão abaixo de "Gimme Shelter", gravada ao vivo na Filadélfia, em 1972. A mixagem da faixa faz o favor de deixar a guitarra do cara bem alta:



    Ainda no mesmo período, mas um pouco antes: o Multishow vai exibir por aqui o documentário Stones in Exile (que virou Rolling Stones - Exílio em Main Street), no dia 4 de junho, às 23 horas (horários alternativos: sábado, às 13h; domingo, às 8h, e terça-feira, às 15h30).