quarta-feira, 31 de março de 2010

Travestis Perturbados com Facas - isso que é nome de filme!

Depois de Matadores de Vampiras Lésbicas, vem aí Travestis Perturbados com Facas!



O nome do filme, na verdade, é Ticked-Off Trannies With Knives. A tradução livre é minha. Ainda não há data de estreia, mas o filme deve passar pelos festivais norte-americanos logo mais.

O filme já está causando polêmica por causa das referências, no trailer, a atos reais de violência contra travestis. O diretor Israel Luna decidiu mudar o vídeo e cortar essas citações.

Lollapalooza faz jogo de letras para anunciar escalação

Oficialmente, o Lollapalooza - festival de Chicago - anuncia sua escalação no dia 6 de abril. Mas para perturbar os interessados, os organizadores fizeram um jogo de letras. Hoje eles liberaram a letra "O":



Quem você consegue indentificar? Eu vi que os três primeiros devem ser o que já se esperava: Soundgarden, Green Day (ou Pearl Jam, se você for otimista) e Lady Gaga. Vi um The Strokes ali no meio também.

ATUALIZAÇÃO: outros possíveis nomes - Spoon, Devo, Arcade Fire, Phoenix, MGMT, Gogol Bordello, Company of Thieves, X Japan, Cut Copy, The Black Keys, Yeasayer.

terça-feira, 30 de março de 2010

O "Filme Gable" (ou como é fácil enganar todo mundo)

Um radialista recebeu uma lata de filme que teria sido comprada em uma feira de rua. Ao assistir o que havia lá, ele encontrou isso:



O vídeo se espalhou rapidamente pelo mundo e, quase que imediatamente, tornou-se "a prova definitiva de que existem seres desconhecidos na terra". Alguns diziam ser um Pé Grande, outros apostavam no lobisomem.

Claro, as imagens - conhecidas como Gable Film - tinham de ser verdadeiras: olha as roupas dos anos 70; o carro dos anos 70; até o veículo de neve é dos anos 70!

E aí apareceu uma segunda parte, com a investigação policial. É claro que agora ficou comprovado que tudo era verdade. Só podia ser.



Mas sempre tem alguém para estragar tudo. Neste caso, foi o programa MonsterQuest, do History Channel, e descobriu que era só uma brincadeira. Muito tempo livre de um caipira:



Ou seja, não acredite em tudo o que você vê na internet.

segunda-feira, 29 de março de 2010

Paul McCartney revira o baú em nova turnê

A Up and Coming Tour, de Paul McCartney, começou muito bem em Phoenix, ontem. Só para começar, olha a música que ele tirou do baú: "Nineteen Hundred and Eighty-Five", do Wings, lançada no disco Band on The Run (1973).



Outras faixas dignas de nota que estão no show: "My Love", "Ob La Di Ob La Da", "Venus and Mars / Rockshow", "Every Night" e "Letting Go". Os fãs de Wings devem estar vibrando. Abaixo, uma das minhas preferidas:



Você pode ver o repertório completo aqui. Normalmente o set muda pouco, então a Up and Comig Tour deve ser basicamente isso.

sábado, 27 de março de 2010

"Acho esse jogos musicais ridículos", diz integrante do Franz Ferdinand sobre games tipo Guitar Hero



O Gamer.BR publicou trechos inéditos da entrevista que eu e o Pablo Miyazawa fizemos com o Franz Ferdinand para a Rolling Stone de março. A banda fala, claro, de games. Um pedaço:

A distribuição de música ilegal pela internet atinge vocês?
Alex Kapranos: Isso chegou a um ponto em que as pessoas presumem que a música é gratuita. Acho que essa atitude não é tão fácil de se alterar.

Nick McCarthy: Quando você pensa em ouvir alguma banda, a primeira coisa que te vem à mente é o torrent.

AK: A Lily Allen foi destruída pela imprensa por dizer que as bandas mais novas sofrem mais com isso. Pode até haver hipocrisia no que ela falou, mas não é muita. É uma observação razoável: as pessoas estão consumindo algo pelo qual não pagaram. Muita gente tem reações ambivalentes nesse assunto, mas existe mais hipocrisia em quem ataca a Lily Allen do que nela. E não estou falando da pessoa média, que só baixa as músicas. Estou falando das pessoas que disponibilizam esse material. Elas tentam espalhar essa idéia de um mundo socialista, mas eu poderia apostar que elas vivem felizes dentro das vantagens que o capitalismo traz a elas. O debate sobre direito intelectual é muito amplo. Não acho que existe uma solução simples e direta. Não é tão fácil quanto ser dono de uma loja de doces e dizer: “estes doces são meus, se você roubá-los eu vou chamar a polícia”. É uma situação muito interessante. Tudo está mudando.

Vocês enxergam uma solução?
NM: Eu não vejo. [risos]

AK: Você vê uma solução?

Muita gente diz que a respostas é investir em outras áreas, como os shows e o merchandising. Tanto que as gravadoras têm feito novos contratos, que incluem participação nesse tipo de coisa. E também há a venda de músicas pelos jogos de videogame.

AK: É verdade, tudo isso está mesmo acontecendo. Mas ainda assim não vejo uma resposta definitiva. Acho meio triste essa conversa de que os músicos só ganham dinheiro com apresentações ao vivo, porque essa situação exclui os artistas que só trabalham em estúdio. Isso vai ser muito ruim para os produtores e pode implicar na queda da qualidade de gravação. Você precisa, sim, de investimento financeiro para fazer um disco como, sei lá, o Pet Sounds. Você precisa poder pagar os músicos, os engenheiros de som. Se isso tudo acabar, vai ser muito triste. Tudo o que vai existir será gravado em um quarto, em um laptop. E, claro, ótimas idéias são realizadas dessa forma, mas vai ser triste ver o outro lado desaparecer.

Vocês não gostam de fazer coisas por puro entretenimento? Tipo jogar videogames?
AK: Eu não gosto de games por um motivo simples: não sou muito bom neles. Não gosto de fazer coisas nas quais não sou muito bom.

Paul Thomson:
É difícil chegar ao fim dos jogos! Quase nunca dá.

Bob Hardy: Acho que o objetivo nem é esse, chegar ao fim. É só algo para ocupar o tempo. Matar tempo mesmo. Por exemplo, se você vai de Sidney para Glasgow e tem um jogo desses, o tempo passa voando. Pode ser o game mais simples de todos, não importa. Não precisa nem exigir muito de você. Tem esse debate de que os jogos musicais estão matando a música, e não acho que isso seja verdade. Os moleques não estão tocando instrumentos, são umas merdas feitas de plástico! Por outro lado, muita gente nos escreve dizendo que começou a tocar um instrumento de verdade depois de jogar um game desses.

PT: Eu acho esses jogos [tipo Guitar Hero] ridículos! Mas só digo isso porque não os jogo.


O resto você lê no Gamer.BR.

Scott Pilgrim: em breve também em videogame

Foram divulgadas as primeiras imagens referentes ao game de Scott Pilgrim, que sendo produzido pelo Ubisoft. Ok, na verdade são imagens de um clipe do grupo Anamanaguchi - mas como essa banda está fazendo a trilha do jogo, é possível que as imagens estejam relacionadas ao game.







O artista Paul Robertson é o responsável pelas imagens que, como já havia sido anunciado, são influenciadas pelo visual de jogos de 8 e 16-bit. Dá para ver um pouco mais de Scott Pilgrim via Robertson neste site.

Não há previsão de lançamento para o game.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Tina Fey no Letterman (porque é difícil ter o suficiente de Tina...)

A Tina Fey foi ao David Letterman para promover Uma Noite Fora de Série, filme no qual ela contracena com Steve Carell (de The Office):



Esse encontro de Carell e Tina é curioso: os dois surgiram no grupo de comédia Second City, de Chicago, que normalmente é o primeiro passo para grandes artistas (sendo que muitos deles acabam no Saturday Night Live: John Belushi, Bill Murray, Mike Myers e mais uma longa lista de gente engraçada), mas nunca tinham trabalhado juntos antes.

Uma Noite Fora de Série deve estrear em 9 de abril no Brasil.

BBC mostra John Lennon "nu" em novo filme



A BBC produziu Lennon Naked, um longa-metragem sobre um período fundametal para a carreira de John Lennon: a transição dos Beatles para a carreira solo, passando pelo momento em que ele conhece Yoko Ono.



Lennon é interpretado por Christopher Eccleton, ex-Doctor Who e que teve uma passagem rápida por Heroes. O diretor é Edmund Coulthard, que normalmente produz documentários sensacionalistas do tipo Michael Jackson and the Boy He Paid Off - ou seja, não dá para esperar grande coisa.

O filme ainda não tem data de estreia, mas será exibido pela BBC 4 ainda em 2010.

Quando o chocolate transforma as pessoas em divas (veja!)

Um comercial divertido do chocolate Snickers:

quarta-feira, 24 de março de 2010

Beatles sem Beatles volume 1: Please Please Me


Please Please Me (1963), The Beatles.

Aqui, sem os Beatles:

  • "I Saw Her Standing There", The Who


  • "Misery", Nosotros Tres


  • "Anna (Go to Him)", Arthur Alexander


  • "Chains", Carole King


  • "Boys", The Shirelles


  • "Ask Me Why", Sean Haneberg


  • "Please Please Me", Bee Gees


  • "Love Me Do", David Bowie


  • "P.S. I Love You", Riki Maiocchi


  • "Baby It's You", Burt Bacharach & Adele


  • "Do You Want to Know a Secret", Billy J. Kramer & the Dakotas


  • "A Taste of Honey", Herb Alpert & the Tijuana Brass Band


  • "There's a Place", The Smithereens


  • "Twist and Shout", Bruce Springsteen


    Próximo volume: With the Beatles (1963).
  • Jack White lança vinis "do tamanho do Texas"



    Coloquei minhas mãos em um lindo exemplar do disco De Stijl, do White Stripes, ontem à noite. E não é um vinil qualquer: ele faz parte da edição limitada que a Third Man Records, de Jack White, lançou e vendeu exclusivamente no South by Southwest.

    A diferença é que o disco tem 13 polegadas (o tamanho comum é 12), no que a Third Man chama de "Texas sized" (a expressão serve para indicar tudo que é maior do que o normal, um tipo de "de Itu" norte-americano).

    terça-feira, 23 de março de 2010

    Veja o trailer da comédia sobre câncer do Showtime



    Você não leu errado: o canal norte-americano Showtime fez mesmo uma comédia sobre câncer. Em The Big C, a personagem de Laura Linney é diagnosticada com um estágio avançado da doença e decide aproveitar o tempo que lhe resta da melhor forma possível.

    A série ainda tem a revelação Gabourey Sidibe (indicada ao Oscar de melhor atriz por Preciosa). O piloto da série - que estreia no segundo semestre - foi dirigido por Bill Condon (de Dreamgirls).

    Paul McCartney aluga a O2 Arena para ensaiar



    Não é para qualquer um: Paul McCartney fechou a O2 Arena, aquele lugar onde Michael Jackson se apresentaria em Londres, para ensaiar para a Up and Coming Tour. Fácil assim, fechou o lugar que tem capacidade para mais de 20 mil pessoas para treinar.

    A turnê começa em 28 de março, em Phoenix, nos EUA e - por enquanto - tem datas até 27 de junho, em Londres. E não, ela não vai passar pelo Brasil em abril.

    Vá até o YouTube para ver um trecho de "(I Want to) Come Home" nos ensaios da O2.

    Prepare-se, Oscar: vem aí o filme de Weird Al Yankovic



    Weird: The Al Yankovic Story. Você está pronto?

    segunda-feira, 22 de março de 2010

    Russell Brand e o caso do personagem que voltou



    Se você assistiu a Ressaca de Amor, talvez se lembre do personagem de Russell Brand: um roqueiro meio decadente chamado Aldous Snow. Pois Snow está de volta em Get Him to the Greek, também do diretor Nicholas Stoller.

    No filme (que tem estreia prevista para 6 de junho, nos EUA), cabe a Aaron (Jonah Hill) o papel de buscar o doidão em Londres para um show comemorativo no Greek Theater, em Los Angeles.

    Pode até ser uma merda, mas é bom ver o Brand em algo que não seja uma foto de papparazzo, ao lado da namoradinha Katy Perry. O filme tem um monte de participações especiais, de Lars Ulrich (Metallica) a Christina Aguilera, passando por Dee Snider (Twisted Sister). E Katy, claro.

    Johnny Depp na capa da Rolling Stone argentina



    Que tal a capa da Rolling Stone argentina que está nas bancas agora?

    domingo, 21 de março de 2010

    Ouça a versão de estúdio de "Between the Lines", nova do Stone Temple Pilots



    Foi só o Stone Temple Pilots estrear "Between the Lines" no South by Southwest que a versão de estúdio da música foi parar na internet:

    Stone Temple Pilots - Between the Lines by With Lasers

    Um último show do Big Star: banda faz homenagem a Alex Chilton (atualizado)

    A formação atual do Big Star - Jon Auer, Ken Stringfellow e Jody Stephens - subiu ao palco ontem, no South by Southwest, para homenagear o líder Alex Chilton. Por enquanto só um trecho de "September Girls" está no YouTube:



    Segundo a Rolling Stone, até o baixista Andy Hummel - integrante da formação original - saiu da Lituânia para participar do tributo. Outros convidados da noite: Evan Dando, Sondre Lerche, Watson Twins, Mike Mills (R.E.M.) e M. Ward.

  • Mais vídeos:





  • Vocalista do Fall Out Boy lança carreira solo no SXSW



    Patrick Stump, (ex?) vocalista do Fall Out Boy, abriu o show do Hole no South by Southwest, no sábado. Ele apresentou músicas do trabalho solo que deve lançar ainda neste ano.

    sexta-feira, 19 de março de 2010

    Que tal a Kristen Stewart e a Dakota Fanning cantando Runaways?

    A versão de "Cherry Bomb" que está no filme The Runaways, cantada por Dakota Fanning e Kristen Stewart:



    A original, com Cherie Currie e Joan Jett, as Runaways de verdade:

    Autor revela a capa do último volume de Scott Pilgrim



    O autor Bryan Lee O'Malley postou no Twitter a capa do último volume da série de quadrinhos Scott Pilgrim (que, aliás, sai no Brasil pela Quadrinhos na Cia agora no fim do mês, em três volumes).

    Scott Pilgrim's Finest Hour deve encerrar a história, que começou em 2004, com Scott Pilgrim's Precious Little Life. O lançamento do volume 6 está marcado para 20 de julho. O site da editora Oni Press tem mais informações.

    Por aqui, cada edição da Quadrinhos na Cia juntará dois dos volumes originais. O primeiro - com Scott Pilgrim's Precious Little Life e Scott Pilgrim vs. The World - se chamará Scott Pilgrim Contra o Mundo.

    E tem o filme. Mas depois eu escrevo sobre ele.

    Stone Temple Pilots mostra músicas novas no SxSw (veja!)



    O Pablo Miyazawa está no South by Southwest e viu o Stone Temple Pilots apresentar, ontem, quatro músicas novas que devem estar no novo disco da banda. Essa aqui acima é "Between the Lines", o primeiro single de Stone Temple Pilots.

    No site da Rolling Stone ele fala sobre tudo isso e ainda mostra um vídeo do Robby Krieger, guitarrista do The Doors, tocando "Roadhouse Blues" com o STP.

    quinta-feira, 18 de março de 2010

    Martin Scorsese e roteirista de Sopranos se juntam em nova série

    Aqui está o trailer da série Boardwalk Empire, criada por Terence Winter (roteirista de vários episódios de Os Sopranos) para a HBO. O diretor do piloto é um desconhecido chamado Martin Scorsese:




    A história se passa em Nova Jersey, na época em que o álcool foi proibido (ou seja, entre 1920 e 1933). Inicialmente a série deve ter 12 episódios.

    Franz Ferdinand e o futuro da música



    Na Rolling Stone deste mês (Pedro Bial na capa) tem uma entrevista que eu e o Pablo Miyazawa fizemos com o Franz Ferdinand (sim, a banda toda). A gente falou muito sobre o futuro da música. Dá para ler um trecho no site da revista, mas a maior parte só no impresso mesmo.

    Além de seis páginas de perguntas e respostas, a matéria ainda tem belas fotos feitas pelo Victor Affaro (como esta aqui acima). O vídeo abaixo mostra um pouco do making of:

    quarta-feira, 17 de março de 2010

    Alex Chilton (1950-2010)

    Alex Chilton morreu hoje, provavelmente de um ataque cardíaco, em Nova Orleans. Se você não sabe quem é, baixe tudo do Big Star agora.



    O Big Star tocaria no festival South by Southwest, em Austin, no próximo sábado.



    Uma homenagem feita pelo Replacements, em 1987, que transformou o músico na música "Alex Chilton":



    "Children by the million sing for Alex Chilton when he comes 'round / They sing 'I'm in love. What's that song? I'm in love with that song'. (...) If he died in Memphis, then that'd be cool, babe."

    Slash se junta a Dave Grohl e Chris Cornell (ouça!)

    Mais prévias do disco solo do Slash. Agora são parcerias com Dave Grohl e Duff McKagan, em "Watch This", e Chris Cornell, em "Promise":





    O disco Slash, que tem mais um monte de gente, deve sair na semana que vem, no Japão.

    Kristen Stewart ama o rock and roll (veja!)



    O vídeo acima é mais um trecho de The Runaways, filme estrelado por Kristen Stewart (com Joan Jett!) e que deve estrear lá foram em 9 de abril (por aqui a previsão é 30 de setembro).

    Deu mais vontade de assistir?

    Todo mundo anda falando da Jett de Kristen e da Cherie de Dakota Fanning, mas a Scout Taylor-Compton (do novo Halloween) faz a Lita Ford!

    Abaixo, o original de "I Love Rock and Roll".

    terça-feira, 16 de março de 2010

    Veja o clipe de Mika para a trilha de Kick-Ass

    Confesso que vi essa notícias há alguns dias, mas fiquei com preguiça de assistir ao vídeo. Mas aqui está "Kick Ass", clipe e música feitos para o filme Kick-Ass:



    O papo que eu ouvi de umas pessoas que viram o filme, uma adaptação da HQ de mesmo nome, é de que ele é "incrível e muito violento".

    segunda-feira, 15 de março de 2010

    Série Treme ganha trailer (veja!)

    Um tempinho atrás publiquei aqui o teaser da série Treme, que deve estrear na HBO norte-americana em 11 de abril. Agora já existe um trailer completo, olha só:




    Sacou o Elvis Costello com o Allen Toussaint ali no meio?

    [Via Vulture]

    Vício do café dá um gás no Dave Grohl (veja!)

    Quem é viciado em café entende o Dave Grohl:

    Guia de novas séries 2010: Life Unexpected



    O que é? Life Unexpected é uma série que, segundo praticamente todas as resenhas já publicadas, vem para dar alegria aos órfãos de Gilmore Girls. Nela, uma garota, Lux, que foi abandonada pelos pais (que a tiveram quando ainda eram adolescentes) resolve procurá-los para poder entrar na justiça e se tornar independente. Ela os acha, mas o plano só serve para reaproximar todo mundo. A diferença entre Life Unexpected e Gilmore Girls, entretanto, é brutal: enquanto a segunda transitava com facilidade entre o drama e a comédia, a primeira abusa do estilo "novela mexicana".

    Quem? O programa foi criado por Liz Tigelaar, que já trabalhou em American Dreams e Brothers & Sisters. Lux é interpretada por Britt Robertson (Dan in Real Life, Swingtown). Os pais dela são vividos por Shiri Appleby (Roswell) e Kristoffer Polaha (North Shore). Kerr Smith (de Dawson's Creek) é o noivo atual da personagem de Shiri.

    Onde e quando? A série estreou na CW norte-americana, no meio de janeiro. Por enquanto, 13 episódios estão garantidos.

    Vídeo da "copada" de Axl Rose já está na internet

    O "incidente do copo", que fez Axl Rose parar o show do Guns N'Roses em São Paulo na primeira música, já está no YouTube:



    Está rendendo essa passagem da banda por aqui. Teve o "caso Disco" (eu escrevi sobre a noite da confusão aqui), o palco caindo no Rio e a história da Ellen Jabour.

    sexta-feira, 12 de março de 2010

    Exclusivo: guitarrista do Guns N'Roses fala sobre Brasil, novo CD e Axl Rose (ouça!)



    Na segunda-feira passada, eu e o José Flávio Junior entrevistamos o Bumblefoot, guitarrista do Guns N'Roses, que falou direto de Belo Horizonte, no programa Qualquer Coisa (Oi FM, às segundas, 22 horas). Foram mais ou menos 25 minutos de um bate-papo bem divertido, que você pode escutar abaixo:

    Qualquer Coisa entrevista Bumblefoot (Guns N'Roses)

    Recomendo que você escute o programa todo, que foi bem divertido.

    quinta-feira, 11 de março de 2010

    quarta-feira, 10 de março de 2010

    As superpoderosas Isabeli, Izabel, Carol e Renata



    A Rolling Stone deste mês (Pedro Bial na capa, com um belo perfil escrito pelo Pablo Miyazawa) tem um bônus: o Especial Mulher, com as modelos Izabel Goulart, Isabeli Fontana, Carol Trentini e Renata Kuerten na capa.

    São entrevistas individuais com cada uma delas, que falam sobre a diferença entre a percepção que as pessoas têm sobre a carreira de modelo e a realidade da profissão. Eu e o Pablo que falamos com as moças. Aliás, nós dois também fizemos uma longa entrevista com o Franz Ferdinand - a banda toda, pessoalmente - que está nessa edição.

    Voltando às modelos, há um vídeo do making of, para dar água na boca:

    Spike Jonze faz outra adaptação de Maurice Sendak



    O recém-lançado blu-ray de Onde Vivem os Monstros, de Spike Jonze, tem um bônus muito legal: outra adaptação de uma história do Maurice Sendak, Higglety Pigglety Pop!.

    É uma mistura de animação e live action, com 23 minutos e meio de duração. O trabalho usa as vozes de Meryl Streep, Forest Whitaker e do próprio Spike Jonze.

    Caso você se interesse pelo trabalho de Maurice Sendak, recomendo a leitura do perfil que a Rolling Stone norte-americana publicou em 1976. Dá para ler aqui (sem as ilustrações que o autor fez para a revista na época, infelizmente).

    Corey Haim (1971-2010)

    O ator Corey Haim, dos clássicos Bala de Prata / A Hora do Lobisomem e Os Garotos Perdidos, morreu aos 39 anos, em Los Angeles.







    (o resto de Bala de Prata está aqui [som original] e aqui [dublado])

    Obamouse vai salvá-lo do perigo?



    "The economy is crumbling like stale roquefort. We are at war with Owl Kaida, our soldiers being targeted by their traps, poisons and predators. When the nation, perhaps the whole world, needs change, one rodent steps forward to offer it: Barack Obamouse. But if his daring plans for the country are to succeed, he will have to win over his skeptic political rivals and countrymice, including Hen Beck, John McCrane, Sarah Penguin and Ratt Limbaugh!"


    Obamouse. É sério: história em quadrinhos, sendo que o volume 1 custa US$ 3,99 e pode ser comprado aqui. O Comics Alliance disse que é "tão ruim que é bom".

    terça-feira, 9 de março de 2010

    Gabourey Sidibe perde o Oscar, mas continua "na moda"

    Quando o radialista Howard Stern fala mal de você é porque você é famoso. E ele atacou a atriz Gabourey Sidibe, de Preciosa, ontem. Disse que ela é a "maior garota negra" que ele já viu, que "ela nunca mais vai fazer um filme" e que "agora que ela tem algum dinheiro, deve aproveitar - porque ela vai morrer logo".



    Em notícias mais agradáveis, o The Wall Street Journal colocou na rede o vídeo do teste que Gabourey fez para Preciosa.

    Bat For Lashes curte ver o som viajar pelos estádios

    Olha que legal: a Kátia Lessa trocou uma ideia com a Natasha Khan, mais conhecida como Bat For Lashes, antes do show de São Paulo. A cantora falou sobre a experiência de tocar em estádios - e disse gostar "porque vê a música viajar pelos espaços". Hippie!

    O pornô Garganta Profunda e seu confuso remake com Sasha Grey



    A onda dos remakes chegou ao mundo dos filmes pornográficos. A gigante Vivid - que já refilmou os clássicos O Diabo na Carne de Miss Jones e Debbie Does Dallas - lançou uma nova versão para Garganta Profunda. Ou algo próximo disso.

    O filme, de 1972, teve um impacto gigantesco nos EUA (a história foi contada no ótimo documentário Inside Deep Throat). Rolou uma perseguição do governo - e o lado do filme também não era exatamente o dos mocinhos, já que os direitos autorais eram de chefões da máfia.

    Deve ser uma maldição, já que a confusão perseguiu o remake da Vivid. O atual dono dos direitos autorais concordou em cedê-lo à empresa, mas arrependeu-se depois de ver o resultado final. O filme acabou sendo lançado como Throat: A Cautionary Tale, no ano passado.

    Mas a boa notícia é que todas as tretas recentes levaram a um reality show, atualmente exibido pelo canal norte-americano Showtime, Deeper Throat. O programa mostra os bastidores da tentativa - e frustração - da Vivid. Além de Sasha Grey, aparecem também o músico (e magnata do pornô) Dave Navarro e várias das grandes estrelas do gênero. É engraçado, vale a pena procurar por aí.

    segunda-feira, 8 de março de 2010

    Madonna e seus produtores: como funcionam as parcerias? (ouça!)



    Já parou para pensar em como a Madonna escolhe as músicas que ela encomenda de produtores como Pharell Williams, Justin Timberlake e Timbaland? É razoavelmente simples: eles gravam demos, com letras provisórias, e - caso a namorada do Jesus goste -, ela escreve novas letras e grava, com a ajuda deles. Vamos pegar como exemplo o trabalho mais recente da cantora, Hard Candy.

    Abaixo você tem um exemplo do "meio do caminho". Com a música já selecionada (no caso, "4 Minutes"), a cantora e os autores/produtores testam ideias diferentes. Escute só a diferença de andamento entre a demo número 2 e a 1:

    Madonna - 4 Minutes (Demos 2 e 1)

    Antes disso, tem a versão demo que eu mencionei no começo. Aqui você escuta o rascunho inicial de Pharell Williams para "Heartbeat" (ouça a versão final, com a Madonna, aqui):

    Madonna - Heartbeat (Pharell Demo)

    Às vezes a demo soa melhor que a versão que acaba no disco, como no caso de "Spanish Lessons" (apesar da letra "embromation" do Pharell):

    Madonna - Spanish Lessons (Pharrel Demo)

    Para encerrar, a gravação que o Pharell usou para mostrar "Ring My Bell" (faixa que acabou entrando só nas edições especiais de Hard Candy - ouça aqui) à Madonna:

    Madonna - Ring My Bell (Pharrel Demo)

    domingo, 7 de março de 2010

    Lembra de quando a Sandra Bullock foi ao Programa Livre?

    Por falar em Sandra Bullock, fica aqui uma homenagem adiantada, caso ela ganhe porque ela ganhou o Oscar hoje à noite: a participação dela no finado Programa Livre, do Serginho Groisman, em 1997.









    Eu gosto da parte em que ela repreende o câmera que tenta filmar as pernas dela. Essa viagem, a primeira (única?) dela ao Brasil, foi para promover o filme Velocidade Máxima 2. Sim, aquele que tem o Carlinhos Brown.

    Sandra Bullock ganha o Framboesa de Ouro de Pior Atriz - e vai recebê-lo pessoalmente! (veja!)

    Isso que é bom humor: a atriz Sandra Bullock ganhou, ontem, o prêmio Framboesa de Ouro de Pior Atriz... E subiu ao palco para recebê-lo!



    Outros famosos que entraram na brincadeira e foram agradecer pelo Framboesa: Bill Cosby (em 1988), Tom Selleck (1993), Tom Green (2002), Bem Affleck (2004) e Halle Berry (2005), entre outros. O filme premiado de Sandra Bullock foi Maluca Paixão.

    sábado, 6 de março de 2010

    Alicia Keys fala de clipe gravado no Rio na Oprah



    A Alicia Keys foi ao programa da Oprah e, entre outras coisas, falou sobre o clipe de "Put it in a Love Song", que ela gravou com a Beyoncé no Rio. Até mostrou um trecho.

    sexta-feira, 5 de março de 2010

    Por onde andam Abbott & Costello? E as tortas na cara?



    Tenho uma boa desculpa para não ter atualizado este blog nos últimos dias: eu estava viajando. E durante essa breve passagem por Los Angeles, uma coisa interessante aconteceu. Eu estava almoçando num lugar chamado Norms e uma velhinha, sentada ao meu lado no balcão, puxou papo. Primeiro ela reclamou que, apesar de ir àquele lugar todos os dias, o meu café era reposto automaticamente pelas garçonetes, mas ela tinha de pedir o dela.

    E aí a história de verdade começou: a senhora, que certamente tinha mais de 70 anos, contou que um médico dela havia sido diagnosticado com uma doença terminal. Ao saber disso, ele se trancou em casa e ficou vendo comédias antigas, sem parar. Depois de chorar de tanto rir, ele se curou.

    Claro que é improvável que isso tenha mesmo acontecido, mas o que mais me chamou a atenção nisso tudo foi a reclamação da velhinha. Segundo ela, é impossível encontrar comédia nas TVs norte-americanas. Ou, pelo menos, o que ela considera comédia. "Onde estão os pastelões, com torta na cara?", ela me perguntou. "Hoje tudo parece ser baseado em inteligência, não há mais comédia boba. Onde estão Abbott e Costello?"

    A resposta mais simples é: estão mortos, ué. Mas, além disso, o tipo de comédia que eles simbolizam também está morto. Infelizmente. Abbott e Costello e os Monstros (1948) é um dos filmes preferidos, cada cena tem uma piada clássica. Além do elenco fantástico, com Lon Chaney Jr., Glenn Strange e Bela Lugosi.

    No Brasil, pouca coisa da dupla - que teve programas de rádio, TV e muitos filmes - está disponível. Procurando nas lojas online daqui, só achei Abbott e Costello e o Pé de Feijão (1952). O YouTube tem um especial legal sobre eles, apresentado por Jerry Seinfeld:





    Então, respondendo à pergunta da senhora do Norms: Abbott e Costello e as "comédias bobas" podem estar mortas na TV, mas a internet faz com que não sejam esquecidas tão facilmente.