sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Pete Townshend pedófilo? Miami não perdoa o guitarrista do The Who



Moradores de Miami espalharam os cartazes acima pela cidade, tentando causar polêmica por causa do show do The Who no intervalo do Super Bowl, no mês que vem.

Em 2003 o guitarrista Pete Townshend foi detido, na Inglaterra, por ter visitado um site de pedofilia. Ele alegou que fazia pesquisa para uma autobiografia, já que sofreu abuso quando era criança. O músico acabou sendo incluído em uma lista de pedófilos pelos próximos cinco anos.

O Protect Our Children, responsável pelos cartazes, já havia tentado pedir para que o governo não permitisse a entrada de Townshend no país.

Pee-Wee Herman ganha um iPad (veja!)



iBandeja!

Nova parceria de David Guetta com Black Eyed Peas está na web (ouça)



Não sei de onde veio (sobra do disco The E.N.D.?), mas apareceu uma nova parceria entre o Black Eyed Peas e o DJ David Guetta. A música se chama "Grapes":

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

J. D. Salinger (1919 - 2010)



"Boy, when you’re dead, they really fix you up. I hope to hell when I do die somebody has sense enough to just dump me in the river or something. Anything except sticking me in a goddam cemetery. People coming and putting a bunch of flowers on your stomach on Sunday, and all that crap. Who wants flowers when you’re dead?"
(Holden Caulfield em O Apanhador no Campo de Centeio)


Morreu J. D. Salinger, aos 91 anos.

Clique aqui para ler o conto Hapworth 16, 1924.

Eddie Vedder grava Bruce Springsteen para o Haiti (veja!)



Eddie Vedder também vai lançar um single beneficente às vítimas do terremoto do Haiti. Ele escolheu a referência nada discreta de "My City of Ruins", de Bruce Springsteen, uma faixa que ele já havia tocado antes.

A gravação é a mesma desse vídeo acima, no Kennedy Center Honors, em Washington, em 6 de dezembro do ano passado.

Jesse Ventura investiga o mundo das teorias de conspiração



Só a história de Jesse Ventura, o ex-lutador que virou governador de Minnesota, já parece esconder algum tipo de conspiração. Mas ele agora é apresentador do programa Conspiracy Theory with Jesse Ventura, programa do canal norte-americano TruTV.

Nele, Ventura e sua "equipe de especialista" investigam essas lendas urbanas que rodam o mundo: a CIA programaria pessoas para matar; o aquecimento global é uma farsa; os EUA têm uma arma que consegue controlar o clima; 2012 verá o fim do mundo; o grupo Bilderberg controla o planeta; o 11 de setembro ainda guarda seus mistérios e outras coisas do tipo.

Todos os envolvidos são extremamente deslumbrados e se assustam com qualquer informação que conseguem. E parecem acreditar em qualquer um disposto a falar sobre qualquer coisa. Exatamente por isso o programa é tao divertido.

Por enquanto a série, que já teve sete episódios, não é exibida por aqui. Ou melhor, não é oficialmente, já que quase todos os capítulos estão no YouTube.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Spike Jonze e o amor entre robôs



A vodka Absolut patrocinou e o diretor Spike Jonze topou: da parceria nasceu I'm Here, um filme de 31 minutos que conta a história de um amor entre dois robôs.

O curta será exibido em alguns festivais de cinema e deve chegar à internet, em versão integral, em março.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Plastic City começa bem, mas se perde na favela



Quando Plastic City foi exibido em Cannes, as críticas apontaram os dedos para os lugares errados: o tigre branco na floresta tropical, a neve em São Paulo. Na verdade, tudo isso é compreensível dentro do universo do longa-metragem de Yu Lik-wai - mesmo porque esses fatos são explicados com ações ou justificados por cenas de fantasia.

Se a mistura China/Brasil já causou esses mal entendidos, o diretor vai ainda mais longe ao escalar o japonês Jô Odagiri como o protagonista Kirin - sendo que o país de Mao e o Japão são inimigos históricos e, curiosamente, são nivelados pelo preconceito brasileiro, onde todo mundo vira "japa".

As virtudes da história de Plastic City chamam a atenção: Anthony Wong (mestre do cinema de Hong Kong, de longe o melhor ator em cena) é Yuda, um chefão do contrabando de produtos falsos chineses em São Paulo. Anualmente ele tem de lidar com os políticos locais em ações antipirataria que nunca levam a nada (lembra alguma coisa? Todo fim de ano...). Só que o lado bom do trabalho fica por aí.

Como quase toda estreia de diretor, o filme de Lik-wai tem muitas deficiências. A dublagem do português de Kirin é tão irritante quanto sofrível (e, em alguns momentos, as partes em chinês também sofrem desse mal); alguns dos coadjuvantes brasileiros são atores abaixo da média; certas cenas abusam da boa vontade do espectador (uma, em especial, mostra a revolta da população pobre contra a repreensão da polícia ao comércio de produtos piratas - e o que eles fazem? Uma espécie de performance que mistura parkour a grafite); a personagem de Tainá Müller fica deslocada, quase sem propósito dentro da trama; e tudo desgringola mesmo quando o núcleo chinês vai parar na favela. Aí - mesmo levando a tal liberdade fantasiosa do filme em consideração - fica difícil levar a história a sério.

Existem dois cortes de Plastic City, um com duas horas e outro com 95 minutos. Este último já foi lançado em DVD na Ásia e é o que estreia no Brasil hoje.

Celebrity Big Brother: Basshunter descobre em rede nacional que está sendo enganado pelo empresário



Você pode nem saber quem é o Basshunter, mas não importa: ver um artista pop descobrir em rede nacional que está sendo enganado pelo empresário dele.

Jonas Erik Altberg, o Basshunter, ficou tão perturbado com a descoberta que os tiques relacionados com a Síndrome de Tourette dele, que é controlada, começou a se manifestar.

Tudo começou quando ele revelou aos companheiros que o contrato dele dizia que 50% do que ele lucrasse fosse para o manager. Os outros participantes do britânico Celebrity Big Brother ficaram chocados.

Um clássico da indústria musical!

[via Oh No They Didn't]

Mad Season, a banda esquecida do grunge



Talvez seja exagero chamar o Mad Season de banda. Foi mais um projeto de Layne Staley (Alice in Chains), Mike McCready (Pearl Jam), John Baker Saunders (The Walkabouts) e Barrett Martin (Screaming Trees), que resultou em um único CD, Above, e um vídeo ao vivo, Live at the Moore (inédito em DVD, que você pode assistir aqui acima), ambos lançados em 1995.

O álbum teve participação de Mark Lanegan (na época líder do Screaming Trees) em duas faixas, "I'm Above" e "Long Gone Day".

Mas o mais legal do Mad Season é que ele conseguia pegar a melancolia do Alice in Chains e tirar dela a sujeira e a maior parte do peso. O resultado eram músicas incrivelmente tristes, mas com uma pegada mais reflexiva.

A história foi infeliz com a banda: Staley abandonou o barco no fim dos anos 90 (e morreu em 2002). Os outros membros mudaram o nome para Disinformation e colocaram Lanegan no vocal, mas a morte de Sanders em 1999 acabou de vez com o projeto.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Banksy vai mostrar o rosto em documentário?



O misterioso grafiteiro Banksy vai exibir seu primeiro filme, Exit Through The Gift Shop, em Sundance. E aí muitas perguntas surgem: ele vai mostrar o rosto? Foi ele mesmo quem dirigiu?

Pelo trailer, o documentário parece ser um filme bem-humorado sobre os grafiteiros (focando especialmente nas coisas que deram errado). A estreia comercial do longa deve ser em 5 de março, na Inglaterra.

Invasão dos mortos-vivos: zumbi é o novo vampiro



Como eu escrevi aqui, os zumbis devem mesmo tomar o lugar dos vampiros em 2010. Com menos impacto, já que não são criaturas adoráveis. Uma lista dos projetos que envolvem mortos-vivos que saem neste ano (ou estão em desenvolvimento):

  • O Brasil terá a estreia (em 29 de janeiro) de Zumbilândia (que deve ter continuação em 3D), sucesso norte-americano de 2009;

  • Survival of the Dead, o mais recente de George A. Romero, deve chegar às telas gringas em março;

  • A HQ The Walking Dead vai virar série de TV da AMC, com roteiro de Frank Darabont;

  • Diablo Cody está adaptando o livro Breathers: A Zombie's Lament para o cinema;

  • Outro livro, Warm Bodies, deve chegar aos cinemas em breve, pelas mãos de Jonathan Levine;

  • Ainda neste mês chega às telonas dos EUA a comédia ZMD: Zombies of Mass Destruction, que não tem relação com os quadrinhos de mesmo nome (que, aliás, também devem virar filme);

  • Mais um livro, World War Z, de Max Brooks, deve virar filme (inicialmente anunciado para 2010). Esse deve ter direção de Marc Forster;

  • A HQ Jonah Hex chega ao cinema em junho, nos Estados Unidos.

  • E mais os seguintes filmes, sendo que alguns ainda nem saíram do papel: The 4th Reich (2010), 28 Months Later (2011), Bounty (2010), Condition Dead (2010), The Corporate Zombie Killers (2010), Dead by Dawn (2010), Eaters (2010), Fading of the Cries (2010), The Harvard Zombie Massacre (2010), I Sell the Dead (2010), Nightmare and Dreamscapes (2010), Post Mortem, America 2021 (2010), Pride and Prejudice and Zombies (2011), Resident Evil: Afterlife (2010), The Living Dead Chronicles (2012), Three Strikes, You’re Dead (2010), Versus (2010), Wake the Dead (2010), Zombie Massacre (2010) e muitos outros.

  • quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

    Japoneses criam boneca virtual que pode ser torturada



    Esse tipo de coisa nunca seria possível no Ocidente: os japoneses desenvolveram uma boneca de realidade aumentada que, basicamente, serve para os marmanjos ficarem agredindo fisicamente com tapas - além de poder arrancar a roupa dela.

    É a Cyber Figure Alice. Funciona assim: você compra uma conjunto de códigos que são reconhecidos pelo seu computador via webcam. Na tela, esses códigos se transformam em uma animação com a qual você pode interagir.

    A Alice, uma colegial, surge de dentro de um cubo de códigos. Com uns pauzinhos que têm outros códigos na ponta, você pode dar tapas na moça. Ou arrancar as roupas dela. Quando ela fica triste e começa a chorar, você posiciona uma carta em frente à webcam - e ela se transforma em um presentinho para Alice.

    Machista? Pervertido? Futurista? A bonequinha está no mercado desde 2008 e parece ter seguidores fieis.

    Você pode comprar uma Cyber Figure Alice por US$ 149, mais US$ 25 de correio, neste site.

    "Não sei se encerrei Crepúsculo", diz autora Stephenie Meyer



    Todo mundo já imaginava, mas agora a escritora Stephenie Meyer falou com todas as letras: talvez haja mais livros da série Crepúsculo no futuro.

    "Não posso dizer que encerrei Crepúsculo para sempre", contou em entrevista à revista Entertainment Weekly. "Não estou trabalhando em nada relacionado a isso no momento, e provavelmente não o farei por mais um tempo. Mas ainda é possível que eu volte para fechar algumas portas que deixei abertas."

    Ela pode estar se referindo ao inacabado Midnight Sun, livro que mostrava os acontecimentos de Crepúsculo pelo ponto de vista do vampiro Edward Cullen, projeto abortado depois que um rascunho caiu na internet.

    Terry Gilliam fala sobre a retomada do Dom Quixote dele



    Em entrevista à revista Time Out de Hong Kong, o diretor Terry Gilliam deu mais detalhes sobre a retomada do projeto The Man Who Killed Quijote (filme que ele já tentou fazer uma vez, mas que acabou em uma série quase infinita de problemas - tudo retratado no documentário Lost in La Mancha).

    "Depois de sete anos, o roteiro finalmente foi lido e resgatado do sistema legal francês", disse Gilliam. "Foi a hora de reescrevê-lo, e isso já foi feito. Tive sorte em não concluir aquele filme porque o roteiro não era bom o suficiente. Agora acho que está perfeito. Ou talvez eu esteja só enganando a mim mesmo."

    Ele também falou sobre os problemas de agenda do astro do longa-metragem, Johnny Depp: "A agenda dele, infelizmente, está cheia de outras coisas - aventuras 'piratescas' e momentos dignos de Totó." Com a falta de tempo, Depp deve acabar fora do projeto. "Vou precisar de outra pessoa e conseguir dinheiro. Fácil."

    O papel de Quixote que, segundo boatos, ficaria com Michael Palin agora está com Robert Duvall. Ainda não se sabe quando as filmagens devem começar.

    Comercial japonês de Glee coloca lutadores de sumô para cantar (veja!)



    A série Glee está prestes a estrear no Japão, então a Fox local produziu uma série de comerciais. O vídeo acima tem a galera do sumô em clima de "Don't Stop Believin'". Abaixo, a comoção é em um escritório.



    O alegre cantor é Akebono Tarō, lutador aposentado e ícone do esporte.

    terça-feira, 19 de janeiro de 2010

    CNN mostra o quem vem por aí no mundo das continuações e remakes



    O programa The Screening Room, da CNN, fez um apanhado do que vem por aí, em 2010 e além, no universo dos remakes e continuações. Tem Eclipse, Tron Legacy e James Cameron falando dos próximos volumes de Avatar.

    Os fãs malas de Lost estão voltando!

    Lost volta para uma última temporada em 2 de fevereiro (nos EUA) - e com a série retornam os fãs malucos.



    Acho que o The Onion estava falando do Matias e do Ronaldo.

    segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

    Ricky Gervais: os melhores momentos no Globo de Ouro



    O blog Vulture, da revista New York, fez uma seleção dos melhores momentos de Ricky Gervais apresentando o Globo de Ouro, ontem. Também é legal ver como a roupa dele vai ficando mais desleixada com o passar das horas. Gênio.

    E o Stephen Baldwin, que é casado com a filha do Eumir Deodato?



    Eu escrevi que tinha brasileira na história da revelação relgiosa do Stephen Baldwin, mas não imaginava que fosse tanto assim. Alertado pelo Ricardo Alexandre, fui checar: o ator é casado, há mais de duas décadas, com a filha do Eumir Deodato.

    domingo, 17 de janeiro de 2010

    Celebrity Big Brother: o melhor da Madame Hollywood

    video

    Heidi Fleiss, a Madame Hollywood (famosa por liderar uma rede de prostituição de luxo e acabar na cadeia, nos anos 90), foi a segunda eliminada do Celebrity Big Brother britânico. Uma pena: o programa perdeu uma de suas personalidades mais interessantes.

    Mal humorada, desbocada e provocadora, Heidi não poupou seus colegas de confinamento. O vídeo acima prova isso, com a moça (agora aposentada, depois de quase dois anos atrás das grades) destruindo todo mundo.

    A primeira eliminada, aliás, foi Ekaterina Ivanova, muito vaiada na saída da casa. Amanhã tem mais gente caindo fora.

    sábado, 16 de janeiro de 2010

    Stephen Baldwin mostra como os radicais religiosos são malucos (veja!)

    video

    No começo, Stephen Baldwin até parecia um cara legal. Entrou para o britânico Celebrity Big Brother e aí... Decidiu mostrar como é um religioso pirado, tentando converter todo mundo na casa com papos tipo esse aqui acima.

    Agora, o mais perturbador é descobrir que foi uma brasileira quem levou o cara para esse caminho...

    sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

    Sony libera trechos de imagens inéditas do DVD de This Is It (veja!)

    A Sony liberou imagens do DVD/blu-ray de This Is It, documentário que registra os ensaios para a turnê que Michael Jackson nunca chegou a fazer. Alguns vídeos mostram entrevistas que estarão nos 80 minutos complementares:















    This Is It será lançado em DVD e blu-ray no fim deste mês. Edições mais luxuosas devem chegar ao mercado depois.

    Anjos da Lei de Jonah Hill será "mistura de John Hughes com Bad Boys"



    Jonah Hill, roteirista e produtor de um filme baseado na série de TV Anjos da Lei, disse ao site Coming Soon que o projeto já tem diretores: Phil Lord e Chris Miller.

    Ele também explicou como será essa versão cinematográfica do programa que revelou Johnny Depp: "Ninguém está esperando que seja como vai ser. Não é uma paródia. (...)É um grupo de pessoas que volta à escola para lidar com um problema de drogas, para lidar com um crime. (...) É uma comédia com cenas de ação muito legais. Não é nada sério como [a versão para o cinema de] Miami Vice.(...) É um filme engraçado, com uma história e muita ação. Tenho falado que é uma mistura de filme do John Hughes com ação tipo a de Os Bad Boys."

    As filmagens devem rolar ainda neste ano, para um lançamento em 2012.

    quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

    Screaming Trees com Layne Staley no vocal? Ah, os anos 90...

    O Grunge Report resgatou uma pérola do grunge:



    Sim, Layne Staley (Alice in Chains) cantando "Nearly Lost You" com o Screaming Trees em 1992. E o Mark Lanegan ainda comenta a performance. Coisa linda.

    quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

    Rob Zombie volta à música em fevereiro (ouça!)



    Assumo: meu título para este post foi meio enganador, já que Rob Zombie nunca deixou a música de lado. Mesmo voltado ao cinema, ele continuou gravando discos e fazendo shows com uma frequência razoável.

    E agora, no começo de fevereiro, ele lança Hellbilly Deluxe 2: Noble Jackals, Penny Dreadfuls and the Systematic Dehumanization of Cool, seu primeiro álbum de estúdio desde Educated Horses (2006).

    O disco já teve duas faixas de trabalho, "Sick Bubblegum" e "What?":

  • "Sick Bubblegum", Rob Zombie


  • "What?" (ao vivo), Rob Zombie


    Eu gostei dessas amostras. Lembraram os tempos do White Zombie.
  • Criadores de The Wire liberam teaser da nova série Treme

    David Simon e Eric Overmyer, criadores da cultuada The Wire, estão à frente da produção de Treme, série que a HBO norte-americana estreia em abril. O primeiro teaser foi liberado:



    Treme mostra a vida de um grupo de músicos em Nova Orleans, no bairro que dá nome à série, depois do furacão Katrina. O piloto do programa foi dirigido por Agnieszka Holland, indicado ao Oscar por Filhos da Guerra (1990).

    Tiësto com Tegan and Sara? Sim! E agora em vídeo (atualizada)



    Kaleidoscope, o mais recente disco do DJ Tiësto, saiu em outubro do ano passado. Agora a faixa "Feel it in My Bones", parceria com Tegan and Sara, ganhou o clipe acima. Uma mistura curiosa (e que funcionou).

    O álbum também tem participações de Emily Haines (Metric), Nelly Furtado, Kele Okereke (ex-Bloc Party), Calvin Harris e outros.

    ATUALIZAÇÃO:
    por algum motivo a gravadora bloqueou o acesso ao clipe. Mas dá para ouvir a música aqui.

    Começa a produção da terceira temporada de True Blood



    Os episódios da terceira temporada de True Blood já começaram a ser feitos. Para comemorar, a HBO liberou o vídeo acima.

    A volta e ida do Monty Python (mais uma raridade)



    No ano passado o Monty Python se reuniu para o documentário Almost The Truth (The Lawyers Cut) (pense no The Beatles Anthology). Foram seis programas de uma hora, depois condensados em um especial de 50 minutos da BBC (The BBC Lawyers Cut), uma versão de 105 minutos para o cinema (Theater Release, lançada em DVD no Brasil) e um blu-ray/DVD caprichado, com as seis horas de documentário e mais de duas horas de extras.

    A história dos comediantes já havia sido contada em Parrot Sketch Not Included – 20 Years of Monty Python (1989) e Python Night – 30 Years of Monty Python (1999), mas nas novas entrevistas John Cleese, Terry Jones, Michael Palin, Eric Idle e Terry Gilliam parecem estar muito mais à vontade - inclusive para falar mal uns dos outros (a principal vítima é Graham Chapman, morto em 1989, que aparece em depoimentos antigos e não menos agressivos).

    O material é tão bom que as seis horas não são o suficiente, chegando a parecer pouquíssimo para pessoas com tantas (boas) histórias para contar. E às vezes o tempo simplesmente dá pulos não explicados (nunca é explicado, por exemplo, como Cleese voltou a trabalhar com os companheiros em Em Busca do Cálice Sagrado depois de ter pulado fora do programa de TV Monty Python's Fying Circus).

    Outros famosos são entrevistados sobre o impacto da comédia do Python: Bruce Dickinson (Iron Maiden), Nick Mason (Pink Floyd), Stephen Merchant (The Office) e a viúva de George Harrison, Olivia (o beatle investiu dinheiro em A Vida de Brian, no qual faz uma ponta).

    E o que vem para o Monty Python no futuro? Por enquanto, nada. John Cleese tem alguns planos para o cinema, incluindo The Croods (ele escreveu o roteiro). Eric Idle (ou melhor: a voz dele) estará em Shrek Forever After. Michael Palin teria aceitado o convite de Terry Gilliam para interpretar Dom Quixote no já lendário The Man Who Killed Don Quixote (agora com estreia prevista para 2011). Terry Jones narrou a série The Legend of Dick and Dom, no ano passado. E parece que Jones e Palin têm um projeto de animação juntos. Graham Chapman continua morto.

    Então, como o grupo vai continuar só na saudade, libero aqui uma pequena raridade: Tiny Black Round Thing, um flexidisc promocional do disco Monty Python Live at Drury Lane (1974), lançado como brinde no New Musical Express.



    terça-feira, 12 de janeiro de 2010

    Mais um filme para o Horrorfest 2010: Kill Theory



    O último filme a entrar no AfterDark Horrorfest foi Kill Theory. Nele, um grupo de jovens é obrigado a entrar em uma guerra interna, matando uns aos outros. Tipo Battle Royale. Eu escrevi sobre os outros participantes do evento aqui.

    segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

    Yoko Ono anuncia show com formação GIGANTE da Plastic Ono Band



    É - sem dúvida alguma - a maior (melhor?) formação da Plastic Ono Band. Vai de integrantes originais (Eric Clapton, Klaus Voormann, Jim Keltner) aos doidões mais recente (Mark Ronson, Cornelius), passando por convidados peculiares (boa parte do Sonic Youth, Bette Midler, Paul Simon). Mais informações no Pitchfork.

    Nick Jonas usa o Kings of Leon (veja!)



    O vídeo acima, de Nick Jonas tocando "Use Somebody" (do Kings of Leon), é do dia 2 de janeiro, no Texas. Mas ele tem tocado a música em todos os shows que faz com a The Administration.

    Antes ele canta um trecho de "Fireflies", do Owl City.

    domingo, 10 de janeiro de 2010

    Celebrity Big Brother: o fim do romance

    video

    Basshunter e a ex-Ron Wood Ekaterina "Katia" Ivanova terminaram o romance que engataram na casa. A moça alega que é devido ao namorado que já tem fora do Celebrity Big Brother. Deveria ter pensando nisso antes, não?

    sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

    Cidade norte-americana planta alho em avenida para "espantar vampiros"



    O pessoal de Lawndale, na Califórnia, anda vendo True Blood e lendo Crepúsculo demais: uma avenida central da cidade tem alho plantado nos canteiros centrais. O problema é que a planta deixa um cheiro desagradável.

    Pensaram em arrancar o alho (arrancar alho!), mas um dos vereadores foi contra: "O problema é que o alho espanta os vampiros", disse Jim Ramsey. "Desde quando colocamos essas plantas aí, não vi um vampiro por aqui."

    Ah, é. Os vampiros. Claro.

    quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

    Em meio a confusão de lançamentos, Lil Wayne libera clipe de "On Fire" (veja!)



    Lil Wayne lançou o clipe de "On Fire", o terceiro single de Rebirth. Detalhe: outras duas músicas de trabalho já tocaram em rádio, nos EUA, depois dessa. É uma estratégia de divulgação no mínimo confusa.

    Tudo bem, a própria história desse disco é cheia de confusão. O disco deveria ter sido lançado em dezembro, mas a data foi remarcada. A Amazon, sem saber da troca, enviou algumas centenas de cópias a clientes. E aí tudo foi parar na internet.

    Esse vazamento, que normalmente faria a gravadora Universal antecipar o lançamento, não mudou em nada a indecisão: agora dizem que o CD pode chegar às lojas só em abril (ou junho, dependendo da fonte)!

    Nos últimos tempos apareceu outra história: outro trabalho de Wayne, The Carter IV (mais tradicional de rap, já que Rebirth teria elementos mais roqueiros). Ah, sim, e tem as mixtapes que ele solta por aí.

    Revista V faz "edição do tamanho", com gordinha e magrinha em capas distintas



    A revista V ousou e fez uma edição "tamanho", com duas capas: Gabourey Sidibe (de Preciosa) representando as mulheres grandes e Dakotta Fanning (Lua Nova), as pequenas. Polêmica!

    [via Stylelist]

    Segunda temporada de United States of Tara ganha promo



    United States of Tara retorna para uma segunda temporada, nos EUA, em 22 de março.

    quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

    Fruit Chan e seu remake de Don't Look Up

    O trailer saiu no meio do ano passado, mas por algum motivo eu deixei passar batido: é o remake de Don't Look Up, um dos filmes menos conhecidos de Hideo Nakata, agora pela visão do chinês Fruit Chan:



    Nakata, caso você nao se lembre, foi o responsável pela explosão do terror japonês, com clássicos como O Chamado, Dark Water e O Chamado 2. Chan é um dos maiores talentos da Ásia contemporânea e fez carreira com filmes de arte como Durian Durian, Hollywood Hong Kong e Made in Hong Kong.

    Acho que não gostei muito dessa versão nova. A anterior era lenta e, aparentemente, bem mais simples. Mas só terei uma opinião definitiva depois de ver o longa-metragem. Don't Look Back ainda não tem previsão de estreia.

    Vampire Weekend divulga disco novo no Letterman



    O Vampire Weekend foi ao programa de David Letterman para divulgar Contra. A banda tocou "Cousins", que é o primeiro single do álbum (que já vazou).

    Novas imagens do remake de A Hora do Pesadelo estão na internet (veja!)

    Nos extras do novo DVD gringo de Premonição há um pequeno vídeo com mais imagens da nova versão de A Hora do Pesadelo, agora com Jackie Earle Haley como Freddy Krueger. O ator também fala sobre o novo visual do personagem:



    A previsão de estreia, nos EUA, é 30 de abril. Abaixo, o teaser trailer que havia sido divulgado no ano passado.

    terça-feira, 5 de janeiro de 2010

    Celebrity Big Brother: Stephen Baldwin compara Avatar a religião (veja!)

    video

    Talvez seja a melhor propaganda (e mais inesperada) propaganda para o trabalho de James Cameron: no terceiro dia de Celebrity Big Brother, o ator Stephen Baldwin comparou Avatar à conversão dele ao cristianismo. "Nos primeiros 15 minutos você demora para se adaptar", contou aos colegas de casa. "Mas depois é a melhor coisa do mundo!"

    Horrorfest 2010 vai de zumbis a assombrações (veja os trailers!)

    O AfterDark Horrorfest é um ótimo termômetro para o que vai rolar de interessante no terror mundial. A edição 2010 (a quarta) vai de 29 de janeiro a 4 de fevereiro, em Los Angeles.

    Os selecionados têm um pouco de tudo: atividade paranormal, zumbis e até banshees! Mas parece que a tendência do ano é "jovens se ferrando violentamente".


  • The Final (de Joey Stewart). Um grupo de alunos perseguidos pelos colegas de escola resolve se vingar de maneira violenta e mortal.


  • Dread (de Anthony DiBlasi). Um grupo de estudantes faz um documentário sobre o medo - mas a experiência acaba partindo para algo mais prático neste longa baseado em um conto de Clive Barker.


  • The Graves (de Brian Pulido). Duas irmãs visitam uma cidade abandonada e descobrem que um pessoal bem estranho ainda está por lá.


  • Lake Mungo (de Joel Anderson). Uma adolescente morre e a casa onde ela morava passa a manifestar atividades paranormais. O filme mistura elementos de (falso) documentário a imagens de câmera de mão (tipo Atividade Paranormal).


  • The Reeds (de Nick Cohen). Jovens britânicos são perseguidos durante uma viagem de barco.


  • Hidden (de Pål Øie). Com a morte da mãe, um rapaz volta à cidade - e à sinistra casa - onde foi criado. E descobre que não deveria ter feito isso.


  • Scream of the Banshee (de Steven C. Miller). Não há sinopse oficial, mas uma banshee é um espírito da mitologia irlandesa.


  • ZMD: Zombies of Mass Destruction (de Kevin Hamedani). Uma garota, descente de iranianos, volta para sua cidade natal, no interior dos EUA. Ao mesmo tempo, um rapaz retorna ao mesmo local (com o namorado) para contar à família que é gay. O que eles não esperevam era um ataque de zumbis.

    Não dá para negar, o evento já teve anos melhores. Ainda assim, fiquei com vontade de ver Lake Mungo (o filme é australiano e deve ganhar remake ianque em 2011) e ZMD: Zombies of Mass Destruction (comédia de zumbi é sempre divertida). Hidden e Dread também podem ser divertidos.
  • segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

    Nick Jonas lança primeiro clipe ao lado do The Administration (veja!)

    Estreou o clipe "Who I Am", o primeiro single do disco de mesmo nome, a estreia solo de Nick Jonas. Ou melhor, mais ou menos solo, já que o álbum - a ser lançado no começo de fevreiro - é creditado a Nick Jonas and the Administration.

    Celebrity Big Brother 2010: começou a festa!



    Começou ontem, na Inglaterra, a edição 2010 do Celebrity Big Brother - programa no qual o Channel 4 isola os famosos mais bagaceiros do mundo em uma casa. E eles quase sempre querem matar uns aos outros.

    O programa deste ano promete, já que só tem encrenqueiros. A casa foi decorada com o tema "inferno" (a cozinha, por exemplo, parece um necrotério). E os escolhidos para morar temporariamente na casa de Satã foram:

  • Alex Reid. Quem é? Lutador de vale-tudo, famoso por namorar Katie Price (e tomar um fora dela na televisão). Escândalo: costumava sair para a balada vestido de mulher, usando o nome Roxanne.

  • Vinnie Jones. Quem é? Ex-jogador de futebol e atual ator em Hollywood. Escândalo: vive batendo nas pessoas.

  • Dane Bowers. Quem é? Ex-integrante do Another Level, atualmente em carreira solo. Escândalo: ex-namorado da Katie Price, teria se envolvido em uma briga com Alex Reid no fim do ano passado (mas os dois sorriram e se cumprimentaram na casa do CBB).

  • Stephen Baldwin. Quem é? O Baldwin mais novo. Escândalo: depois de se afogar na cocaína, virou cristão.

  • Heidi Fleiss. Quem é? Ex-coordenadora de uma rede de prostituição de luxo. Escândalo: foi presa em 1997 e não revelou os nomes de seus clientes famosos (mas reconheceu Baldwin quando entrou na casa!).

  • Stephanie Beacham. Quem é? Atriz britânica, atuou em Dinastia e Barrados no Baile. Escândalo: apareceu nua em um filme (The Nightcomers, 1971) e tem uma casa rosa.

  • Jonas Altberg (Basshunter). Quem é? Cantor e produtor sueco. Escândalo: imagens de uma orgia promovida pelo músico foram parar na internet em 2008.

  • Sisqó. Quem é? Cantor de R&B norte-americano (e fez a melhor entrada da história do CBB). Escândalo: teria engravidado uma garota de 14 anos.

  • Ekaterina "Katia" Ivanova. Quem é? Modelo russa. Escândalo: namorou Ron Wood, guitarrista dos Rolling Stones, 41 anos mais velho que ela. Causou o fim do casamento do músico e ainda apanhou dele.

  • Nicola Tappenden. Quem é? Modelo (daquelas que posam nuas em jornalecos britânicos). Escândalo: é uma WAG ("maria chuteira") assumida.

  • Lady Sovereign. Quem é? Rapper britânica. Escândalo:chorou durante um show, dizendo-se deprimida e sem dinheiro. Foi presa por agressão em 2009 (e alegou que um travesti bateu nela no banheiro).
  • sábado, 2 de janeiro de 2010

    Vaza suposta música inédita de Michael Jackson (ouça!)

    A faixa abaixo, "Another Day", seria uma composição de Lenny Kravitz (que participa da música) gravada por Michael Jackson em 2003:



    Será? O Kravitz mencionou a parceria em um depoimento à revista Time, quando o Rei do Pop morreu.

    Melhores de 2009: CINEMA (atualizada)

    Este ano foi muito legal para o cinema - pelo menos para o tipo de filme que eu gosto. Aqui vão as minhas escolhas para os Melhores de 2009, sem ordem alguma e sem entrar muito profundamente em cada um deles:


  • Distrito 9 - os ETs são as vítimas de preconceito no filme de Neill Blomkamp;


  • 2012 - destruição pura, história difícil de se acreditar... mas e daí?


  • Atividade Paranormal - o milagre da multiplicação dos dólares, tudo à base de criatividade;


  • Moon - estreia bela e perturbadora de Duncan Jones, em uma história sobre isolamento, solidão e clonagem;


  • Arraste-me Para o Inferno - uma reunião de grandes cenas de terror, mesmo que o conjunto não seja tão bom quanto suas partes;


  • Adventureland (que ganhou o ridículo nome Férias Frustradas de Verão) - uma comédia leve sobre a adolescência;


  • Tokyo! - dois curtas incríveis e um bobinho sobre a cidade japonesa. Qual é o bobinho? Assista e decida você mesmo;


  • Funny People (com outro título "bonito" em português: Tá Rindo do Quê?) - o filme "maduro" de Judd Apatow;


  • 500 Dias Com Ela - uma comédia-romântica dolorida;


  • Zumbilândia - um mundo dominado por zumbis que ainda rende boas cenas de ação e de comédia;


  • This Is It - Michael Jackson em seus últimos (e brilhantes) momentos;


    Natimorto - claustrofóbico, praticamente um terror psicológico;


  • Sede de Sangue - os vampiros vão ao oriente, longe do Crepúsculo;


  • Preciosa - adaptação brilhante de um livro ousado;


  • Onde Moram os Monstros - filme adulto sobre nossos monstros interiores.

    ATUALIZAÇÃO: é claro que me esqueci de várias coisas, inclusive do melhor filme no ano! Bastardos Inglórios obviamente está na minha lista, assim como Ninguém Sabe o Duro que Dei (o belo documentário sobre Wilson Simonal) e Titãs - A Vida Até Parece Uma Festa. Devo ter esquecido muitos outros, mas lista é assim mesmo.