quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Produtor e empresário juram que música de Michael Jackson é verdadeira



A história cresce: depois que familiares de Michael Jackson disseram que não era voz do cantor na "nova" faixa "Breaking News", o produtor Teddy Riley e o empresário Frank Dileo apareceram para defender a gravadora Sony, que foi acusada de contratar um imitador para gravar o vocal.

"Os vocais soavam muito polidos, afinados e processados", disse Riley à AP. "Não tenho dúvidas de que são vocais do Michael." Por outro lado, não foi ele quem produziu a canção: foram Eddie Cascio e James Porte, em Nova Jersey, em 2007. Riley fez a produção e finalização das músicas que completam o álbum Michael, a ser lançado em dezembro.

"Falei com o Michael por telefone várias vezes enquanto ele gravava no estúdio caseiro de Cascios, e ele estava bastante empolgado com a música e a experiência", disse Dileo em um comunicado reproduzido pela AP.

Jackie Jackson, irmão de Michael, também entrou na polêmica. "Meu amigo John McClain e eu insistimos por muitas semanas para que certas faixas fossem removidas do novo álbum de Michael", disse, referindo-se ao co-executor do espólio do músico. "Infelizmente, nossas preocupações não foram levadas a sério."

O disco Michael deve chegar às lojas em 10 de dezembro.

video

Nenhum comentário: