sábado, 30 de outubro de 2010

Yoko Ono diz que inéditas dos Beatles podem ser lançadas



Foi um mês corrido e cheio de emoção, então me esqueci de postar aqui. Mas vamos lá: eu entrevistei a Yoko Ono para a Rolling Stone e ela disse algumas coisas bem interessantes. Em especial, disse que algumas das faixas de John Lennon retrabalhadas por George Harrison, Paul McCartney e Ringo Starr nos anos 90 podem, sim, um dia serem lançadas.

Alguns momentos da entrevista com a econômica (em palavras) Yoko:

  • "Now and Then", "Grow Old With Me" e "I Don't Want to Lose You", as "sobras" dos Beatles nos anos 90. Vão ser lançadas? "É possível."

  • Sobre o comércio construído em volta da memória de John Lennon, incluindo a venda de uma privada que ele usou. Não é estranho que algo completamente irrelevante à arte dele ganhe valor financeiro? "Tudo é arte, de certa forma. E a Fountain, do Duchamp? Tudo bem se quiserem um vaso sanitário, não é nada diferente de quererem um boné que o John tenha usado."

  • Em "God", John canta que só acredita nele mesmo e em Yoko. Em quem ela acredita? "Eu acredito na maior parte das coisas da vida. A beleza da natureza, a amabilidade dos animais, a sabedoria do homem. O milagre deste planeta. A força do universo. Eu acredito em mim."

    A íntegra da entrevista está no site da Rolling Stone, aqui. Entrevistei a Yoko - posso dizer que entrevistei um beatle?
  • Nenhum comentário: