terça-feira, 8 de junho de 2010

Wong Kar Wai para completistas (tem até terror/comédia)

WKW

Não tenho um dado preciso para dizer isso, mas notei que as pessoas voltaram a falar bastante do Wong Kar Wai. Os filmes dele voltaram a "pipocar" nos sites de torrent e blogs. É curioso, porque ele não está lançando nenhum filme.

Depois de Um Beijo Roubado, o primeiro trabalho norte-americano dele, o cara deu uma sumida. Parece que está filmando The Grand Master, longa que conta a história do treinador de Bruce Lee (aliás, parece perda de tempo: Ip Man, de Wilson Yip, fez a mesma coisa em 2008 e foi muito elogiado). Aparentemente, ele também continua tentando levantar The Lady from Shanghai, filme que teve até Nicole Kidman entre os boatos sobre protagonista (o diretor negou).

Dito isso tudo, resolvi resgatar um post que se perdeu em uma das mudanças de endereço do With Lasers. É de 2008 e trata de filmes que o Wong Kar Wai escreveu (mas não dirigiu), de curtas e de comerciais:

Tenho de confessar que eu fico obcecado com as coisas facilmente. Então quando descobri o cinema de Wong Kar Wai (fui um fã tardio, eu sei) me enfiei de cabeça para ver absolutamente tudo o que ele tinha feito. E descobri várias surpresas simpáticas no caminho.

A primeira foi Cinzas do Passado (1994), o longa-metragem de lutas marciais que estava meio esquecido. Quase todas as versões em DVD estão fora de catálogo, mas a remontagem Redux (que foi exibida na Mostra de São Paulo, inclusive) deve resolver esse problema logo mais.

Mas há peças mais obscuras. A primeira é wkw/tk/1996@7'55"hk.net (1996), um curta-metragem feito por encomenda do estilista japonês Takeo Kikuchi (e com fotografia de Christopher Doyle, parceiro constante de Kar Wai). Graças a uma boa alma, o vídeo está no YouTube:



Depois, em 2000, o diretor fez uma homenagem aos astros esquecidos do cinema chinês no curta Hua Yang De Nian Hua. Esse chegou a ser lançado oficialmente em DVD como bônus da edição que a Criterion Collection fez para Amor à Flor da Pele. E também está na web.

Entre os curtas de Wong Kar Wai, o mais famoso é The Follow, lançado dentro da série The Hire – uma série de filmes pequenos bancados pela BMW em 2000 e 2001. O elenco tem Clive Owen, Adriana Lima (falando português), Mickey Rourke e Forest Whitaker. Esse trabalho foi inicialmente lançado na internet, mas depois também saiu em DVD. Atualmente está indisponível por meio de fontes oficiais, mas...



O DJ Shadow teve o privilégio de escalar Kar Wai para direção do vídeo de "Six Days", faixa lançada no álbum The Private Press (2002). Como se não bastasse, o clipe ainda tem o ator Chang Chen, de O Tigre e o Dragão (dirigido por Ang Lee em 2000).



A série de curtas-metragens continuou em Eros (dividido com Michelangelo Antonioni e Steven Soderbergh em 2004) e Cada Um Com Seu Cinema (2007, com outros 36 diretores, encomendado para comemorar os 60 anos do festival de Cannes). Essas duas compilações não são raras e estão disponíveis em DVD no Brasil.

Voltando ao cinema patrocinado o diretor lançou There's Only One Sun em 2007. O filme foi pago pela Philips, que queria divulgar sua série Aurea de televisões.



Até aí, tudo bem. Só que antes de assumir a direção, Wong Kar Wai era roteirista. Ele escreveu 13 filmes, dirigidos por várias pessoas. O primeiro foi Once Upon a Rainbow (1982), de Agnes Ng, mas o mais conhecido é provavelmente Final Victory (1987) – indicado a 11 prêmios, incluindo o de melhor roteiro, no Hong Kong Film Award do ano seguinte.

Nesse meio tempo, a maior das surpresas: Wong Kar Wai escreveu DOIS filmes de terror! São as duas partes de The Haunted Cop Shop, lançadas em 1987 e 1988. O primeiro volume foi postado integralmente no YouTube:



A lista não acaba nunca. Tem os comerciais que o diretor fez para a Dior, Motorola, Lacoste...

Nenhum comentário: