segunda-feira, 17 de maio de 2010

Cropsey: quando a lenda urbana não é lenda



A lenda, em Staten Island, Nova York, era de que um paciente havia fugido de um hospício e vivia em túneis, sainda apenas para sequestar e matar crianças. Poderia ser só mais uma lenda urbana, dessas que os adultos criam para impedir que seus filhos fiquem na rua até tarde. Mas não era.

No fim dos anos 80, quatro crianças sumiram na área e foram encontradas mortas. Andre Rand, ex-funcionário do tal hospício da lenda, foi preso como autor de pelo menos dois dos crimes.

Os diretores Joshua Zeman e Barbara Brancaccio cresceram ouvindo essa história e explicam no documentário Cropsey como um mito local acabou, assustadoramente, tendo pontos de relação com a vida real. Mais sobre o filme aqui e no Facebook oficial da obra.

Nenhum comentário: