sexta-feira, 5 de março de 2010

Por onde andam Abbott & Costello? E as tortas na cara?



Tenho uma boa desculpa para não ter atualizado este blog nos últimos dias: eu estava viajando. E durante essa breve passagem por Los Angeles, uma coisa interessante aconteceu. Eu estava almoçando num lugar chamado Norms e uma velhinha, sentada ao meu lado no balcão, puxou papo. Primeiro ela reclamou que, apesar de ir àquele lugar todos os dias, o meu café era reposto automaticamente pelas garçonetes, mas ela tinha de pedir o dela.

E aí a história de verdade começou: a senhora, que certamente tinha mais de 70 anos, contou que um médico dela havia sido diagnosticado com uma doença terminal. Ao saber disso, ele se trancou em casa e ficou vendo comédias antigas, sem parar. Depois de chorar de tanto rir, ele se curou.

Claro que é improvável que isso tenha mesmo acontecido, mas o que mais me chamou a atenção nisso tudo foi a reclamação da velhinha. Segundo ela, é impossível encontrar comédia nas TVs norte-americanas. Ou, pelo menos, o que ela considera comédia. "Onde estão os pastelões, com torta na cara?", ela me perguntou. "Hoje tudo parece ser baseado em inteligência, não há mais comédia boba. Onde estão Abbott e Costello?"

A resposta mais simples é: estão mortos, ué. Mas, além disso, o tipo de comédia que eles simbolizam também está morto. Infelizmente. Abbott e Costello e os Monstros (1948) é um dos filmes preferidos, cada cena tem uma piada clássica. Além do elenco fantástico, com Lon Chaney Jr., Glenn Strange e Bela Lugosi.

No Brasil, pouca coisa da dupla - que teve programas de rádio, TV e muitos filmes - está disponível. Procurando nas lojas online daqui, só achei Abbott e Costello e o Pé de Feijão (1952). O YouTube tem um especial legal sobre eles, apresentado por Jerry Seinfeld:





Então, respondendo à pergunta da senhora do Norms: Abbott e Costello e as "comédias bobas" podem estar mortas na TV, mas a internet faz com que não sejam esquecidas tão facilmente.

Nenhum comentário: