sexta-feira, 27 de março de 2009

Radiohead no Chile: uma "bela" entrevista e o chilique de Thom Yorke



Um amigo fã de Radiohead achou que ver a banda no Rio e em São Paulo era pouco, então pegou um avião e foi até o Chile para ver mais de Thom Yorke e companhia. Ele gostou da primeira noite chilena (a segunda é hoje), mas parece que o vocalista teve vários ataques no palco. Conta, Bruno:

"O show ontem foi bom, mas ficou interrompido uns 5 ou 10 minutos porque o Thom Yorke, na quarta música, teve um chilique por causa de falhas no monitor... Aí estava tocando 'All I Need' e cruzou os braços, puto como uma criança de 5 anos. Não cantou o final do refrão e abandonou o palco antes de acabar a música. A banda tocou os segundos finais e ficou um olhando para o outro, meio sem saber o que fazer. Então o [guitarrista] Ed O'Brien pediu desculpas, disse que estavam com problemas técnicos e que teríamos de esperar um pouco... Arrumaram e ele voltou ao palco para continuar. Ainda estava puto nas duas músicas seguintes, mas depois ficou tudo bem: ele voltou a se animar e a agradecer em espanhol e tal, ficou sorridente depois. Na hora juro que achei que acabava ali o show. Hoje tem a segunda noite. Ontem tocaram 'Wolf at the Door', foi foda. O público pediu muito 'No Surprises', não rolou. Nem teve 'Fake Plastic Trees' também. De resto foi uma mistura do set do Rio com o de São Paulo. Achei engraçado que o público chileno parece mais de futebol, fica cantando o tempo todo."

Ainda não há imagens disso no YouTube, mas achei uma entrevista concedida a uma TV local. As pessoas em volta da banda regulam tanto, aí quando eles vão falar com a imprensa sai uma entrevista vaga dessas:


Nenhum comentário: