sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Red Cliff: o épico de John Woo



Estou morrendo de curiosidade para ver Red Cliff, o épico em duas partes (e quase cinco horas) de John Woo. É o filme mais caro já feito na Ásia, com um orçamento de US$ 80 milhões. O longa também marca a volta do diretor à China, depois de nove filmes (e 15 anos) trabalhando nos Estados Unidos.

A primeira parte eu comprei na China, em DVD - e está lacrada, esperando a segunda parte para proporcionar uma experiência mais completa. No final de janeiro chegou aos cinemas asiáticos a continuação, cujo trailer é este aqui:



E aí, entusiasmou? Mundialmente Red Cliff deve ser lançado em versão reduzida: um filme só, com duas horas e meia.

Na Ásia rola uma certa rejeição com o John Woo, já que o cara foi para os EUA fazer filmes em Hollywood e depois voltou para a terra natal. O clima é de "se era tão bom, por que voltou?". Parece que Woo está decidido a dividir a área de atuação dele, já que deve fazer 1949 (previsto para 2010) na China e Rainbow Six (baseado na obra de Tom Clancy) na terra de Obama.

Nenhum comentário: