segunda-feira, 17 de março de 2008

Qualquer Coisa #4: PROIBIDÃO!

A quarta edição do podcast Qualquer Coisa está polêmica. O convidado Ivan Finotti, editor do caderno Folhateen (da Folha de S. Paulo), relembra seus grandes momentos no Notícias Populares - incluindo a perna do Roberto Carlos e outros fatos macabros.

Finotti, que escreveu a biografia do Zé do Caixão com André Barcinski (e levou um prêmio em Sundance pelo documentário sobre Mojica!), também relembra os Mamonas Assassinas e fala sobre os gênios do Brothers of Brazil. E, claro, explica a história envolvendo ele, Bob Dylan, Kiss, Mallu Magalhães e muito choro.

Seguindo o clima "a gente não deveria estar falando disso", discutimos sobre o fato da internet ter matado (ou não) o conceito de raridades da música - e para estimular um possível processo, tocamos uma versão alternativa incrível de "Helter Skelter", clássico dos Beatles. E mais Tim Maia Racional 3, história ainda cheia de confusão (tudo esclarecido aqui).

Depois Ronaldo Evangelista fala sobre a relação Tom Waits/Jards Macalé e da possível influência do primeiro sobre um novo nome da cena folk adolescente brasileira.


Subscribe Free  Add to my Page

A seleção musical da semana foi:

"I've Underestimated My Charm (Again)", Black Kids

"Say it All", Sondre Lerche and the Faces Down

"Helter Skelter" (take 21), The Beatles

"Black and Blue", Jards Macalé

"Bode", Andreia Dias

Para baixar o MP3 do Qualquer Coisa #4, clique aqui. Assine o RSS do podcast (e ouça as edições anteriores) aqui. E para falar conosco escreva para o podcastqualquercoisa@gmail.com.

10 comentários:

hahahah disse...

Ué, o take 21 de Helter Skelter não é o original?

http://www.thebeatles.com.br/beatles-helter-skelter.htm

Talvez seja só uma versão sem overdubs, ou em mono...

Paulo Terron disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo Terron disse...

Take 21 é mesmo o do disco: "All sorts of instruments were being bandied about. The
end result – take 21 and additional overdubs recorded
the next day, 10 September – was a song in which John
played bass guitar and, of all things, a decidedly
unskilled saxophone, Mal Evans played an equally
amateurish trumpet, there were two lead guitars, heavy
drums, a piano, built-in distortion and feedback,
backing vocals from John and George, various
mutterings and – the icing on the cake – a supremely
raucous Paul McCartney lead vocal. If `Revolution 9'
was John's excursion into mayhem on The Beatles, '
Hefter Skelter' was Paul's. But it was Ringo who added
the perfect finishing touch. Having drummed as if his
life depended on it, his "I've got blisters on my fingers!
" scream was preserved as the song's great climax.
Chris Thomas recalls, "While Paul was doing his
vocal, George Harrison had set fire to an ashtray and
was running around the studio with it above his head,
doing an Arthur Brown! All in all, a pretty
undisciplined session, you could say!"
(Note. The remixing of 'Hefter Skelter' was a vital
ingredient to the song, yet it threw up a major
difference between the mono and stereo versions. The
mono (done 17 September) ends at 3' 36", the stereo (
12 October) runs on for almost another minute, to 4'
29". The latter has a fade down and up within the song,
the former doesn't. The latter has Ringo's blistery
shout, the former does not"

Paulo Terron disse...

Não, pára tudo! Coloquei vários posts e a verdade é: as informações do disco pirata que tem essa música são erradas. Pode ser uma versão editada do take 2 ou um remix do 2 com o 21. Só Deus e George Martin saberiam dizer.

Oga disse...

Caros,

Não sei se o problema é aqui do meu trabalho ou se é do publicador, mas o Itunes nunca consegue baixar o programa inteiro? Como ainda não tive tempo de fazer isso em casa, gostaria de saber se tem mais gente reclamando disso?

Ah..gostei bastante dos pedaços dos 4 programas que ouvi!

Grande abs!

Paulo Terron disse...

Fala, Oga!

Assinei e testei aqui no iTunes e veio normal!

mexedor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hector disse...

chama o finotti pra ser membro fixo [ops] do podcast.

Marina Vello disse...

black kids, black lips, black big shit, ai que preguiça do rock do sul, assim como eu tinha preguiça das bandas mods do sul do brasil, tipo aquela do briguento lá. vcs podiam falar semana que vem sobre o sxsw né?

Tiago disse...

Pessoal, só um comentário:
A primeira matéria sobre a Mallu foi publicada no g1, com ela, os acessos foram ao perfil dela no MySpace foram maiores do que na época da Ilustrada.
Abs,
Tiago