quarta-feira, 26 de março de 2008

Baixaria no Velvet Revolver


No meio de um show em Glasgow o vocalista Scott Weiland mandou: "Vocês estão vendo algo muito especial - a última turnê do Velvet Revolver." Confusão, pânico e susto. Inclusive entre os integrantes da banda, que aparentemente nem sabiam o que estava rolando (meio déjà vu do David Bowie acabando com o Spiders From Mars, mas tudo bem).

O baterista Matt Sorum, que já lidou com os chiliques do Axl Rose em seus tempos de Guns N'Roses, foi lá e tascou no blog dele: "A noite passada foi interessante. Tivemos uma confusão do grupo no palco, acho que deu para todo mundo notar. Fazer parte de uma banda é como estar em um relacionamento. Às vezes não dá certo. Acho que estão rolando mais problemas nos últimos tempos. Tem sido frustrante, não vou mentir."

Como o Weiland já marcou a volta da banda antiga dele, o Stone Temple Pilots, todo mundo acha que o cara apertou o foda-se. Mas surge a revolução: o Velvet Revolver já arrumou um vocalista novo, olha só:



Calma, calma. É brincadeira. Robert Plant não vai cantar no Velvet Revolver. Coloquei essa foto (que o Sorum postou no blog dele) para mostrar como Weiland está distante do resto do grupo. O cara nem quis tirar uma foto com o vocalista do Led Zeppelin! Tudo bem, pode ser que esteja batendo a foto. Mas aí já é especulação em cima de especulação e eu nem tenho tanto tempo livre assim. (além de tudo rola um boato de que o VR abriria uma turnê da volta do Led)

Voltando à separação do Velvet Revolver: Scott Weiland ficou muito puto com o post do Sorum sobre o show de Glasgow. Em um comunicado ao site Blabbermouth ele fez um verdadeiro discurso:

"Fiz várias tentativas de me manter cordial em relação aos integrantes do VR e, especialmente, em relação a você [o baterista, não o repórter - duh!]. É engraçado - esta é a sua primeira banda, aqui você não é só um músico contratado. Eu tenho gravado discos (já estou no meu nono), vendi mais de 35 milhões de cópias no mundo todo e mantive um certo nível de profissionalismo independente de quantas drogas eu tivesse tomado. Só cancelei uma turnê durante os meus 16 anos de carreira. Agora, será que devo abrir a lata de vermes, Matthew? Soltar o Kraken? Você cancelou a turnê australiana na primavera no outono porque foi para a clínica de reabilitação, mas não vou dizer por que."


Mais para frente, na mesma matéria, o cantor explica porque odeia o baterista: Matt Sorum curte cantar as músicas junto com Weiland. Juro que esse é o motivo, pode ler lá. O rock'n'roll está ficando cada vez pior! E ainda perdi um tempão para descobrir que porra é o Kraken que o mano queria soltar. OK, mentira, fui direto na Wikipedia e vi lá.

2 comentários:

camila alam disse...

muy amigo o scott com esse papo "não vou nem dizer, já dizendo!"...rs
pena, a banda é ótima

Rodolfo disse...

[modo mala on]

a tour australiana foi no OUTONO e não na primaveira :P

[modo mala off]