terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Rehab? No, no, no! Na TV? Yeah, yeah, yeah


Se você pensar na quantidade diária de notícias não-musicais sobre Britney Spears, Amy Winehouse e Pete Doherty, até que demorou para um programa como Celebrity Rehab with Dr. Drew aparecer.

A VH1 engoliu (ou nem engoliu, né? Vamos falar a verdade) o conceito criado pelo Dr. Drew Pinsky, um radialista famoso nos EUA, de que "é preciso mostrar a verdade dos centros de reabilitação para dependentes" para acabar com esse glamour que existe em torno do assunto.

Aí foi fácil: juntaram um bando de fracassados que vivem de reality-shows (Daniel Baldwin, Chyna, Brigitte Nielsen, Mary Carey [aquela atriz pornô que foi candidata a governadora da Califórnia!]) e outros losers variados (o vocalista do Crazy Town, uma atriz infantil que – depois de crescida – foi pro pornô, um cara do Grease, uma perdedora do American Idol e um ex-lutador). E dá-lhe vômito, gritos de dor e putaria generalizada.

No primeiro episódio já confiscam os dildos da Mary, que ficou toda "você-quer-transar?" para o cara do Crazy Town. E o mano do Grease é tipo o Ozzy, porque ele é viciado nas mesmas coisas. Se ainda precisarem de um ator para aquele filme sobre o vocalista do Black Sabbath...

Enfim, não dá para entender como esse Dr. Crew quer enganar alguém dizendo que não é exploração. Claro que é. Se é para mostrar "o lado horrível do rehab", por que ele não colocou uns anônimos? Audiência, né?

ATUALIZAÇÃO: Quase me esqueci! O lutador contou a história mais bizarra. Ele já tinha sido preso dirigindo bêbado. E bateu o carro bêbado de novo, quando estava com a namorada. E aí... "Eu achei que ela estava morta, então a arrastei e coloquei o corpo dela no lugar do motorista. Quando a polícia chegou, eu disse que ela estava dirigindo." Leve, né?

Nenhum comentário: