terça-feira, 24 de abril de 2007

Vida nova


No último dia 19, o Second Life bateu o recorde de movimentação financeiras: seus 6 milhões de "habitantes" (200 mil brasleiros) movimentaram US$ 1,3 milhão (dinheiro de verdade!!!) dentro do universo paralelo. Dá pra acreditar?

E tem mais: como o público brasileiro é um dos que mais cresce do lado de lá da realidade, eles resolveram lançar o Second Life Brasil, o primeiro segmentação do programa, ou seja, o Brasil é o primeiro país a ter um Second Life próprio, com uma porta de entrada exclusiva, com todas as instruções em português, conversão para real e cenários tipicamente tupiniquins - tem o calçadão de Copacabana, o Anhangabaú e até o edifício Martinelli. Entrou no ar ontem no site www.secondlifebrasil.com.br e já se fala em chegar a 2 milhões de usuários até abril do ano que vem.

Depois de virar o país do Orkut, agora o Brasil vai em busca da liderança no novo mico da internet. Quanto tempo demorará para o Second Life seguir o mesmo caminho do Ricky Martin e do Double You e virar sucesso exclusivo por aqui?

Nenhum comentário: